Busca avançada
Ano de início
Entree

Validação da importância de PfEXP1/GST2 para defesa contra xenobióticos em modelos de deficiência de glicose-6-fosfato desidrogenase infectados com Plasmodium Falciparum

Processo: 16/24790-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Carsten Wrenger
Beneficiário:Kamila Anna Meissner
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Malária

Resumo

Malária e uma das doenças tropicais mais perigosa em nossa era, com mais de um milhão de mortes anuais. A malária trópica, a pior forma da malária, é causada pelo parasita Plasmodium falciparum. Contudo algumas mutações genéticas ou enzimopatias como, por exemplo, deficiência em glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PDH) geram proteção contra as formas mais graves de malária. Adicionalmente, a deficiência de G6PDH é atrativa para a descoberta de novas drogas contra malária devido a sua relação com o aumento do estresse oxidativo. O aumento no nível de estresse oxidativo pode causar dano celular devido a geração de xenobióticos, vindos das moléculas e componentes celulares. Uma das vias de detoxificação de xenobióticos, assim como das drogas usadas, é feita pelo acoplamento entre a glutationa (GSH) e suas respectivas moléculas. Recentemente, um novo tipo de glutationa S-transferase PfEXP1/GST2 foi descoberto, o qual é um potencial alvo terapêutico do fármaco artemisinina. Este projeto busca entender a função da proteína plasmodial EXP1/GST2 na detoxificação de xenobióticos e sua influência na deficiência de G6PDH. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BATISTA, FERNANDO A.; BOSCH, SORAYA S.; BUTZLOFF, SABINE; LUNEV, SERGEY; MEISSNER, KAMILA A.; LINZKE, MARLEEN; ROMERO, ATILIO R.; WANG, CHAO; MUELLER, INGRID B.; DOMLING, ALEXANDER S. S.; GROVES, MATTHEW R.; WRENGER, CARSTEN. Oligomeric protein interference validates druggability of aspartate interconversion in Plasmodium falciparum. MICROBIOLOGYOPEN, v. 8, n. 7 JUL 2019. Citações Web of Science: 0.
MEISSNER, KAMILA ANNA; KRONENBERGER, THALES; MALTAROLLO, VINICIUS GONCALVES; GOULART TROSSINI, GUSTAVO HENRIQUE; WRENGER, CARSTEN. Targeting the Plasmodium falciparum plasmepsin V by ligand-based virtual screening. CHEMICAL BIOLOGY & DRUG DESIGN, v. 93, n. 3, p. 300-312, MAR 2019. Citações Web of Science: 1.
VASCONCELOS, STANLEY N. S.; MEISSNER, KAMILA A.; FERRAZ, WITOR R.; TROSSINI, GUSTAVO H. G.; WRENGER, CARSTEN; STEFANI, HELIO A. Indole-3-glyoxyl tyrosine: synthesis and antimalarial activity against Plasmodium falciparum. Future Medicinal Chemistry, v. 11, n. 6, p. 525-538, MAR 2019. Citações Web of Science: 1.
LUNEV, SERGEY; BUTZLOFF, SABINE; ROMERO, ATILIO R.; LINZKE, MARLEEN; BATISTA, FERNANDO A.; MEISSNER, KAMILA A.; MUELLER, INGRID B.; ADAWY, ALAA; WRENGER, CARSTEN; GROVES, MATTHEW R. Oligomeric interfaces as a tool in drug discovery: Specific interference with activity of malate dehydrogenase of Plasmodium falciparum in vitro. PLoS One, v. 13, n. 4 APR 25 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.