Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e validação de métodos analíticos para análise de secnidazol comprimidos revestidos

Processo: 17/03906-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise e Controle de Medicamentos
Pesquisador responsável:Hérida Regina Nunes Salgado
Beneficiário:Jéssica Gonçalves de Souza Lima
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Cromatografia líquida de alta eficiência   Controle da qualidade   Química verde   Espectrofotometria   Comprimidos

Resumo

Do grupo dos 5-nitroimidazóis, o secnidazol é um antifúngico e antiprotozoário que trata diversas parasitoses intestinais e sistêmicas além de ser efetivo no tratamento de vaginose bacteriana e tricomoníase. No Brasil, o secnidazol encontra-se em forma de comprimido, pó para suspensão oral e em creme vaginal quando em associação com outros fármacos. As vendas do secnidazol são recorrentes, pois é amplamente utilizado no tratamento de parasitoses intestinais, que são consideradas um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo. Desse modo, estudos relacionados a este fármaco tornam-se inevitáveis, principalmente sobre o controle de qualidade, o qual irá garantir as características do medicamento, bem como a segurança dos pacientes. A validação de métodos analíticos é fundamental para o controle de qualidade; e diante disso, o projeto objetiva desenvolver e validar dois métodos analíticos inovadores para a quantificação de secnidazol comprimidos. Priorizando-se a química verde, a espectrofotometria na região do infravermelho (IV) consiste em uma técnica limpa com baixíssima produção de resíduos tóxicos para os operadores e para o meio ambiente e a cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) se torna uma alternativa inovadora às técnicas existentes, uma vez que a fase móvel não será constituída de soluções tamponantes, que reduzem a vida útil da coluna do equipamento. Assim sendo, este projeto é extremamente moderno e relevante para o desenvolvimento do controle químico farmacêutico para assegurar a eficácia dos comprimidos de secnidazol. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)