Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular, perfil de sensibilidade e produção de biofilme de Escherichia coli isoladas de tanques de expansão de leite bovino

Processo: 17/07246-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Helio Langoni
Beneficiário:Samea Fernandes Joaquim
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/19688-8 - E. coli, Klebsiella pneumoniae e Enterococcus spp: impacto dos fatores de virulência na mastite bovina e reflexos na saúde pública, AP.TEM
Assunto(s):Escherichia coli   Biofilmes   Patógenos   Qualidade do leite   Saúde pública

Resumo

Há uma preocupação mundial com a qualidade do leite oferecido para o consumo. A presença de coliformes no leite dentro do limite estabelecido, garante a eficácia da inativação dos micro-organismos durante a pasteurização. No entanto, quando há falhas na pasteurização do leite, ou mesmo quando há o consumo do produto cru, podem ocorrer casos de doenças em humanos. Estudos moleculares para identificação de estirpes de Escherichia coli em tanques de expansão são praticamente incipientes no Brasil, bem como o perfil clonal dos isolados. O aumento da resistência dos patógenos aos antimicrobianos, apontam para a necessidade de se investigar o perfil de sensibilidade de bactérias isoladas de leite de tanques de expansão. Dessa maneira, o presente estudo pretende identificar os patotipos de E. coli presentes em tanques de expansão de propriedades leiteiras, bem como genes associados a fatores de virulência, genes envolvidos na formação de biofilmes e pesquisa de genes de isolados produtores da enzima ²-lactamase de amplo espectro (ESBL), além de estudos fenotípicos de multirresistência a antimicrobianos e formação de biofilmes em diferentes materiais. Dessa forma, anseia-se aprofundar o conhecimento desse patógeno, a fim de possibilitar estratégias de controle para melhoria da qualidade do leite de tanques de expansão, visando à saúde pública. (AU)