Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da exposição crônica à poluição atmosférica no envelhecimento do miocárdio

Processo: 16/23129-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Paulo Hilário Nascimento Saldiva
Beneficiário:Ana Paula Cremasco Takano
Instituição-sede: Instituto de Estudos Avançados (IEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/21728-2 - Uso de modernas técnicas de autópsia na investigação de doenças humanas (MODAU), AP.TEM
Assunto(s):Poluição atmosférica   Patologia   Coração   Antracose

Resumo

A exposição crônica à poluição impacta dramaticamente a expectativa de vida da população em grandes centros urbanos. Além disso, evidências recentes indicam que a poluição atmosférica parece acelerar algumas modificações celulares que ocorrem no processo natural de senescência, o que pode originar ou exacerbar várias doenças, as quais não são limitadas apenas às que atingem o sistema respiratório, mas estendem-se ao sistema cardiovascular e outros órgãos e tecidos. Vários estudos já demonstraram o maior número de admissões hospitalares e mortalidade por causas cardiovasculares, associados com o aumento dos níveis da poluição do ar. No entanto, não foi demonstrada a influência da poluição atmosférica sobre mecanismos característicos do envelhecimento do miocárdio. Neste sentido, o presente estudo tem como objetivo determinar a possível associação entre a exposição crônica à poluição, estimada pela quantificação de partículas retidas no pulmão (antracose) e o envelhecimento do miocárdio de indivíduos que residiram em São Paulo. A abordagem clínico-patológica obtida pela autópsia de indivíduos que viveram neste grande centro urbano contribuirá na obtenção de informações sobre a relação entre o ambiente e os mecanismos relacionados às doenças cardiovasculares. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CREMASCO TAKANO, ANA PAULA; JUSTO, LISIE TOCCI; DOS SANTOS, NATHALIA VILLA; MARQUEZINI, MONICA VALERIA; DE ANDRE, PAULO AFONSO; MONTEIRO DA ROCHA, FRANCISCO MARCELO; PASQUALUCCI, CARLOS AUGUSTO; BARROZO, LIGIA VIZEU; SINGER, JULIO M.; SALDIVA DE ANDRE, CARMEN DIVA; NASCIMENTO SALDIVA, PAULO HILARIO; VERAS, MARIANA MATERA. Pleural anthracosis as an indicator of lifetime exposure to urban air pollution: An autopsy-based study in Sao Paulo. Environmental Research, v. 173, p. 23-32, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.