Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das interações do fármaco cloridrato de gencitabina com modelos de membranas lipídicas

Processo: 17/04712-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Osvaldo Novais de Oliveira Junior
Beneficiário:Gustavo Freitas Do Nascimento
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/14262-7 - Filmes nanoestruturados de materiais de interesse biológico, AP.TEM
Assunto(s):Filmes finos   Gencitabina   Monocamadas de Langmuir   Resistência a medicamentos

Resumo

Cloridrato de gencitabina (GEM) é um dos fármacos utilizados no tratamento oncológico para diversos tipos de patologias tumorais. Infelizmente, a eficiência terapêutica destes medicamentos depende da resistência intrínseca, ou adquirida, por parte de pacientes durante o tratamento, sendo este um dos principais problemas na terapia contra o câncer. Por outro lado, as monocamadas de Langmuir podem ser utilizadas para investigar os efeitos das moléculas de fármaco na membrana e como essas interações podem se traduzir em efeitos sobre as proteínas de membrana. Além de que nos dá informação sobre os possíveis mecanismos de ação dos fármacos antitumorais, assim como modelar alguns processos de resistência, melhorando assim os tratamentos clínicos. O foco deste projeto é estudar como o fármaco gemcitabina influencia em um modelo de membrana simples empregando um lipídeo ou mistura de vários lipídios. Isto permitirá chegar ao modelo mais próximo de membrana de células tumorais resistivas, e possibilitará extrair informações qualitativas sobre o caráter dessas interações. Para tanto, será aplicado a técnica de Langmuir, uma vez que as monocamadas interface ar/água servem como modelo muito úteis para análise de biomembranas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.