Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do Glicirrizinato Dipotássio na expressão de microRNAs associados à via NF-kB em linhagens celulares de glioblastoma multiforme

Processo: 17/03064-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Manoela Marques Ortega
Beneficiário:Gabriel Alves Bonafé
Instituição-sede: Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista , SP, Brasil
Assunto(s):MicroRNAs   Transdução de sinais   Glicirrizinato dipotássico   Glioblastoma

Resumo

O glioblastoma multiforme (GBM) representa 15-20% dos tumores neurológicos sendo considerado o mais agressivo. A heterogeneidade biológica e a resistência a quimioterápicos são os maiores obstáculos para o tratamento efetivo do GBM. Vários genes e vias de sinalização têm sido apontados como responsáveis pelo fenótipo agressivo desse tumor, uma delas é a via de sinalização NF-ºB. Em mamíferos são conhecidas cinco proteínas desta família, as quais fazem parte de duas vias conhecidas como canônica e via alternativa: RelA (p65), RelB, c-Rel, NF-ºB1 (p105/p50) e NF-ºB2 (p100/p52). Essas proteínas formam vários homodímeros e heterodímeros e são mantidas inativas por associação citoplasmática com proteínas inibitórias. A via NF-ºB canônica é a mais estudada em vários tipos tumorais, incluindo o GBM, no qual se encontra continuamente ativa regulando o aumento da expressão de genes anti-apoptóticos e fatores de sobrevida, adesão e invasão celular. microRNAs (miRNAs) envolvidos na regulação da via NF-ºB foram pouco estudados no GBM. Estudos recentes utilizando doses orais de ácido glicirrízico (AG) mostraram redução do processo inflamatório, por suprimir a expressão da proteína nuclear NF-ºB e p65, e por aumentar a expressão da proteína supressora tumoral p53 e das proteínas pró-apoptóticas caspase-9 e caspase-3 clivadas. O glicirrizinato dipotássio (DPG) é um subproduto do AG e assemelha-se aos corticóides quanto às suas propriedades anti-inflamatórias, porém sem apresentar os mesmos efeitos colaterais. Assim, o objetivo desse estudo é avaliar o efeito inibitório do DPG na via de sinalização NF-ºB através da modulação de miRNAs previamente conhecidos como envolvidos com essa via, em linhagens celulares de GBM, como alvo terapêutico para a doença. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BONAFE, GABRIEL ALVES; DOS SANTOS, JESSICA SILVA; ZIEGLER, JUSSARA VAZ; UMEZAWA, KAZUO; RIBEIRO, MARCELO LIMA; ROCHA, THALITA; ORTEGA, MANOELA MARQUES. Growth Inhibitory Effects of Dipotassium Glycyrrhizinate in Glioblastoma Cell Lines by Targeting MicroRNAs Through the NF-kappa B Signaling Pathway. FRONTIERS IN CELLULAR NEUROSCIENCE, v. 13, MAY 28 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.