Busca avançada
Ano de início
Entree

Disponibilidade hídrica em eventos extremos: secas na região da Bacia do Rio Paraná

Processo: 16/23546-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 12 de julho de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Engenharia Hidráulica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Edson Cezar Wendland
Beneficiário:Davi de Carvalho Diniz Melo
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/03806-1 - Disponibilidade hídrica e riscos de contaminação em áreas de afloramento do Sistema Aquífero Guarani, AP.BIOEN.TEM
Assunto(s):Recursos hídricos   Hidrologia

Resumo

Desastres naturais (secas, enchentes, etc) têm resultado em perdas humanas e grandes prejuízos financeiros em diversos lugares do mundo. Os recentes períodos de seca ocorridos na região sudeste do Brasil mostraram a importância de se dispor de estratégias de mitigação dos efeitos decorrentes desses eventos extremos. Um pré-requisito para prever impactos desses eventos no futuro, é compreender como os mesmos ocorreram no passado, caracterizando-os espacial e temporalmente. Diante do exposto, o objetivo deste projeto de pós-doutorado é avaliar a disponibilidade hídrica em situações de estresse hídrico resultante de secas na bacia hidrográfica do rio Paraná. Para isso, serão realizadas três análises visando (i) compreender como a seca meteorológica se propaga através do sistema hidrológico; (ii) quantificar os impactos sobre os processos hidrológicos e (iii) sobre o balanço hídrico. Essa avaliação será baseada em dados monitorados em terra, obtidos por sensoriamento remoto e a partir de modelos globais de assimilação de dados de terra. Como resultados da pesquisa, espera-se obter dados espaço-temporais dos impactos das secas nos principais componentes hidrológicos; identificar as áreas mais sensíveis às secas; e gerar informações que auxiliem no processo de gerenciamento espacial dos recursos hídricos superficiais e subterrâneos. De maneira resumida, espera-se poder responder o seguinte questionamento: Em situação de seca, qual a disponibilidade hídrica superficial e subterrânea e onde ela ocorre na bacia do rio Paraná? Espera-se também divulgar os resultados gerados com essa pesquisa em periódicos internacionais de alto impacto. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GADELHA, ANDRE N.; COELHO, VICTOR HUGO R.; XAVIER, ALEXANDRE C.; BARBOSA, LULS ROMERO; MELO, DAVI C. D.; XUAN, YUNQING; HUFFMAN, GEORGE J.; PETERSEN, WALT A.; ALMEIDA, CRISTIANO DAS N. Grid box-level evaluation of IMERG over Brazil at various space and time scales. ATMOSPHERIC RESEARCH, v. 218, p. 231-244, APR 1 2019. Citações Web of Science: 2.
GOMEZ, DERLY; MELO, DAVI C. D.; RODRIGUES, DULCE B. B.; XAVIER, ALEXANDRE C.; GUIDO, RODRIGO C.; WENDLAND, EDSON. Aquifer Responses to Rainfall through Spectral and Correlation Analysis. JOURNAL OF THE AMERICAN WATER RESOURCES ASSOCIATION, v. 54, n. 6, p. 1341-1354, DEC 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.