Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito fotoprotetor de aminoácidos tipo micosporina (MAA) em bebidas acidificadas

Processo: 16/25214-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Gustavo Henrique de Almeida Teixeira
Beneficiário:Gustavo Henrique de Almeida Teixeira
Anfitrião: Sean F O Keefe
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Local de pesquisa : Virginia Polytechnic Institute and State University, Estados Unidos  
Assunto(s):LED   Compostos fenólicos   Pós-colheita   Foto-oxidação   Ressonância magnética nuclear

Resumo

As bebidas funcionais são um dos segmentos de maior crescimento na indústria de alimentos devido ao interesse dos consumidores por alimentos com propriedades energéticas, antienvelhecimento, relaxantes e de bem estar. O chá verde (Cameilla sinesis L. Kuntze) é um chá não fermentado que contém vários compostos polifenólicos, principalmente epigalocatequina galato (EGCG), e pode ser adicionada à sucos de frutas para produzir bebidas acidificadas. Como modelo de bebidas acidificadas, as infuses de chá verde necessitar ter seu pH ajustado usando ácidos orgânicos para mimetizar bebidas à base de frutas. Semelhantemente à outros produtos alimentícios, os modelos de bebidas acidificadas são susceptíveis a degradação por microorganismos, desta forma, natamicina pode ser adicionada para minimizar esta contaminação. Todavia, tanto a EGCG e a natamicina são susceptíveis à fotodegradação, assim, aminoácidos tipo micosporina (MAAs), uma família de composotos intracelulares envolvidos na proteção de organismos aguáticos contra a radiação solar, serão adicionadas às aos modelos de bebidas acidificadas para prevenir a fotooxidação. Desta forma, o objetivo deste projeto é avaliar o efeito foto-protetor dos aminoácidos tipo micosporina (MAAs) em modelos de bebidas acidificadas (infusões de chá verde), e por objetivos específicos: i. extrair MAAs a partir de Palmaria palmata (alga vermelha, alface do mar); ii. caracterização dos extratos de Palmaria palmata; iii. determinação dos efeitos da radiação de diodo emissor de luz (LED) e luz fluorescente na estabilidade da natamicina em sistemas modelo de bebidas acidificadas; e iv. determinar a eficácia dos extratos contendo MAAs na estabilidade da natamicina em sistemas modelo de bebidas acidificadas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE ALMEIDA TEIXEIRA, GUSTAVO HENRIQUE; MA, SIHUI; STEWART, AMANDA C.; WANG, HENGJIAN; O'KEEFE, SEAN FRANCIS. Natamycin photostability in acidified green tea beverage is dependent on mycosporine-like amino acids and epigallocatechin gallate interaction. LWT-FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY, v. 116, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.
TEIXEIRA, G. H. A.; O'KEEFE, S. F. Short communication: Mycosporine-like amino acids protect natamycin against photodegradation in milk exposed to fluorescent or light-emitting diode light. JOURNAL OF DAIRY SCIENCE, v. 102, n. 6, p. 4972-4977, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
DE ALMEIDA TEIXEIRA, GUSTAVO HENRIQUE; MORELLI, LUIZA; MA, SIHUI; STEWART, AMANDA; O'KEEFE, SEAN FRANCIS. Photoprotective effect of mycosporine-like aminoacids extracts on natamycin, saffron carotenoids and epigallocatechin gallate in acidified beverages exposed to different light sources. INTERNATIONAL JOURNAL OF FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY, v. 54, n. 2, p. 440-450, FEB 2019. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.