Busca avançada
Ano de início
Entree

Generalização de relações de equivalência de fotos para objetos e vice-versa em pré-escolares

Processo: 17/00221-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Deisy das Graças de Souza
Beneficiário:Mayara da Silva Ferreira
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Pré-escolar   Relação de equivalência   Equivalência de estímulos   Crianças   Fotografias   Delineamento experimental   Análise do comportamento

Resumo

Classe de equivalência generalizada se refere ao fenômeno em que um novo estímulo, fisicamente semelhante a um membro de uma classe de equivalência, controla um mesmo comportamento controlado pelo membro original da classe. O presente projeto será divido em dois experimentos. O Experimento 1 tem por objetivo verificar a replicabilidade do estudo de Pereira e colaboradores (2016, no prelo), que avaliou se pré-escolares generalizariam relações de equivalência estabelecidas entre fotos (estímulos 2D) para objetos (estímulos 3D). O Experimento 2 investigará a generalização de relações de equivalência estabelecidas entre estímulos 3D para 2D. Para cada estudo, serão recrutadas seis crianças com desenvolvimento típico na faixa etária entre quatro e cinco anos. No Experimento 1 será conduzida uma sequência de treino e teste de relações arbitrárias entre fotografias de objetos abstratos e verificada a emergência de três classes de equivalência com três membros em cada classe. As relações de linha de base a serem ensinadas serão AB e AC para metade dos participantes e AB e BC para a outra metade. Um delineamento de sondas múltiplas avaliará a manutenção das relações de linha de base e a emergência de relações com as propriedades de simetria e equivalência entre as fotos (que, se positivas, indicarão a formação de classes de equivalência). Após a formação das classes, testes avaliarão a generalização das relações de equivalência: a) para os objetos correspondentes (e.g., se a criança relacionará o objeto B1 com o objeto C1); b) entre fotos e objetos (e.g., se a criança relacionará a foto do objeto B1 com o objeto C1, e, foto do objeto C1 com a foto do objeto B1); e para desenhos esquemáticos (e.g., se a criança relacionará um desenho baseado na foto B1 com um desenho baseado na foto C1). O Experimento 2 empregará procedimentos e medidas idênticos aos do Experimento 1, porém as relações de linha de base serão ensinadas com objetos, que também serão usados nas sondas de formação de classes, enquanto testes de generalização serão conduzidos com fotos somente, com fotos e objetos (classes interdimensionais) e com desenhos esquemáticos. Estão sendo solicitadas duas bolsas de iniciação científica; cada bolsista ficará responsável por um dos experimentos.