Busca avançada
Ano de início
Entree

'Enemigo' virou amigo? Influências de Guillermo Divito no humor gráfico de Péricles Maranhão

Processo: 17/05151-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 29 de maio de 2017
Vigência (Término): 07 de junho de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes
Pesquisador responsável:Ana Cristina Carmelino
Beneficiário:Ana Cristina Carmelino
Anfitrião: Ana Beatriz Flores
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidad Nacional de Córdoba (UNC), Argentina  
Assunto(s):Imprensa   Comunicação visual

Resumo

Este projeto tem como finalidade apresentar os motivos que nos levam a solicitar auxílio financeiro junto à Fapesp: 1) realizar pesquisa in loco em dois acervos de histórias em quadrinhos raras existentes na Argentina, um na Biblioteca Nacional Mariano Moreno, de Buenos Aires, e outro no Centro de Documentación de la Biblioteca Mayor de la Universidad Nacional de Córdoba; 2) realizar intercâmbio com o Grupo de Investigadores del Humor (GIH), da Universidad Nacional de Córdoba, para discussão de pesquisas sobre humor gráfico e desenvolvimento de projetos/planos/parcerias de trabalho de natureza científica. O levantamento se faz necessário para que se possa ter acesso a originais da série "Enemigos del Hombre", de Guillermo Divito, publicada na revista semanal Patoruzú de 1936 a meados de 1940, bem como a obras específicas que tratem do tema. Tais histórias são inéditas no Brasil e de difícil acesso mesmo na Argentina, o que reitera a necessidade de realização desse levantamento no local. O interesse por esse conteúdo se justifica pelo fato de terem sido eles os influenciadores da criação do personagem "O Amigo da Onça", do brasileiro Péricles Maranhão. Publicadas no Brasil na segunda metade do século passado, as histórias desse personagem eram impressas semanalmente nas páginas da extinta revista O Cruzeiro e ajudaram a tornar popular a expressão que intitulava a série. Entendemos que "O Amigo da Onça", uma das figuras mais importantes e populares do humor gráfico brasileiro daquele tempo, também tenha influenciado na cristalização do estereótipo do sacana no país. Essa premissa, bem como as raízes do surgimento do personagem, integra projeto de pós-doutorado desenvolvido, sem bolsa, no Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Faculdade de Ciências e Letras, Campus Araraquara. (AU)