Busca avançada
Ano de início
Entree

Reconstruindo a história da produção de sabão sob uma perspectiva marxista: saber popular e saber científico na pedagogia histórico crítica

Processo: 17/01540-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Luciana Massi
Beneficiário:Andriel Rodrigo Colturato
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/07209-6 - A produção de sabão no século XVIII: um estudo das contribuições de Nicolas Leblanc e de seu contexto histórico, BE.EP.IC
Assunto(s):Marxismo   História cultural   Materialismo histórico   Conhecimento científico   Senso comum   Produção (economia)   Sabão   Pesquisa bibliográfica

Resumo

A proposta de pesquisa apresentada neste projeto tem como objetivo produzir um levantamento histórico e reconstruir a história da produção de sabão considerando seus saberes populares e científicos, adotando uma perspectiva marxista e externalista da ciência, e evidenciando suas implicações como objeto de ensino da Pedagogia Histórico-Crítica (PHC) na Educação em Ciências. A PHC é uma teoria pedagógica em desenvolvimento que ainda tem uma inserção tímida na EC, uma área de pesquisa recente com importantes contribuições da História e Filosofia da Ciência (HFC). Ambas apontam para a não neutralidade do conhecimento científico e a problemática da sua definição frente a outros saberes, como os populares. Assim, entendemos que existe uma coerência entre as discussões EC e da PHC ao propor a análise histórica de episódios, visando evidenciar seu caráter dialético e externalista. A escolha pela temática da "produção de sabão" se justifica pois envolve diretamente saberes populares e científicos e por estar articulada a um projeto de extensão recém aprovado. Para desenvolver esse estudo serão coletados dados junto a fontes primárias, secundárias e terciárias, em bases de dados nacionais e internacionais, de história da ciência. Esses resultados serão analisados com base no materialismo histórico-dialético marxista. Acredita-se que essa pesquisa representa uma contribuição original tanto para HFC, que ainda não explorou o referencial marxista em suas análises, quanto para a PHC, que não tem uma discussão sistematizada sobre a natureza da ciência. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.