Busca avançada
Ano de início
Entree

Competições terapêuticas em idosos da comunidade com multimorbidades (saúde, bem-estar e envelhecimento - Estudo SABE)

Processo: 16/13700-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Eliane Ribeiro
Beneficiário:Caroline de Godoi Rezende Costa Molino
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50649-6 - Estudo SABE: estudo longitudinal de múltiplas coortes sobre as condições de vida e saúde dos idosos do município de São Paulo - coorte 2015, AP.TEM
Assunto(s):Envelhecimento   Polimedicação   Guia de prática clínica   Comorbidade   Farmacoepidemiologia   Doença crônica   Efeitos colaterais e reações adversas relacionados a medicamentos

Resumo

Estima-se que até 2025 o Brasil terá a sexta maior população de idosos do mundo. O envelhecimento implica em prevalência crescente de doenças crônicas, um problema de saúde de grande magnitude, afetando fortemente os grupos populacionais mais pobres e vulneráveis. A ocorrência simultânea de múltiplas doenças crônicas, no mesmo indivíduo, com suas inter-relações e implicações para a saúde, recebe o nome de multimorbidade. A presença de multimorbidades exige uma complexa farmacoterapia, levando ao uso de diversos medicamentos ao mesmo tempo (polifarmácia), aumentando o risco de efeitos adversos e interações medicamentosas e entre medicamento e doença. Comumente observam-se problemas de saúde induzidos pelo uso de medicamentos em idosos, decorrência de interações medicamentosas, competições terapêuticas e maior frequência de reações adversas imprevisíveis. Entende-se como competição terapêutica a interação medicamento-doença em que o tratamento recomendado para certa condição pode alterar negativamente (competir com) outra condição coexistente. Estudos mostram que, frequentemente, medicamentos são prescritos sem a avaliação do seu efeito sobre outras condições coexistentes, podendo causar competição terapêutica. Embora haja uma grande preocupação por parte das entidades governamentais em relação a alta prevalência de multimorbidades na população idosa, ainda são escassos os estudos e guias de prática clínica que abordam o tema competição terapêutica. Os guias de prática clínica raramente consideram a presença de mais de uma condição crônica em suas recomendações, o que significa que o impacto cumulativo das recomendações de múltiplos tratamentos geralmente não é considerado. O envelhecimento é uma realidade no Brasil que torna a investigação da competição terapêutica crucial para promover cuidados de saúde de alta qualidade e segurança do paciente. Neste âmbito, o objetivo principal deste trabalho é estimar e avaliar a prevalência de competições terapêuticas em idosos da comunidade. Neste trabalho será analisado a base de dados do Estudo Saúde, Bem-estar e Envelhecimento (Estudo SABE) e guias de prática clínica para o tratamento das doenças crônicas mais prevalentes em idosos. Com os resultados deste projeto pretende-se auxiliar na escolha da melhor terapia farmacológica para os idosos com multimorbidades. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ERNST, RAHEL; FISCHER, KARINA; MOLINO, CAROLINE DE GODOI REZENDE COSTA; ORAV, ENDEL J.; THEILER, ROBERT; MEYER, URSINA; FISCHLER, MANUEL; GAGESCH, MICHAEL; AMBUEHL, PATRICE M.; FREYSTAETTER, GREGOR; EGLI, ANDREAS; BISCHOFF-FERRARI, HEIKE A. Polypharmacy and Kidney Function in Community-Dwelling Adults Age 60 Years and Older: A Prospective Observational Study. JOURNAL OF THE AMERICAN MEDICAL DIRECTORS ASSOCIATION, v. 21, n. 2, p. 254+, FEB 2020. Citações Web of Science: 0.
WAINBERG, SHEILA KALB; LEITE SANTOS, NATHALIA CELINI; GABRIEL, FRANCIELE CORDEIRO; DE VASCONCELOS, LUCIANA PEREIRA; NASCIMENTO, JESSICA SANTOS; REZENDE COSTA MOLINO, CAROLINE DE GODOI; DE MELO, DANIELA OLIVEIRA. Clinical practice guidelines for surgical antimicrobial prophylaxis: Qualitative appraisals and synthesis of recommendations. JOURNAL OF EVALUATION IN CLINICAL PRACTICE, v. 25, n. 4, p. 591-602, AUG 2019. Citações Web of Science: 2.
REZENDE COSTA MOLINO, CAROLINE DE GODOI; LEITE-SANTOS, NATHALIA CELINI; GABRIEL, FRANCIELE CORDEIRO; WAINBERG, SHEILA KALB; DE VASCONCELOS, LUCIANA PEREIRA; MANTOVANI-SILVA, RAFAEL AUGUSTO; RIBEIRO, ELIANE; ROMANO-LIEBER, NICOLINA SILVANA; STEIN, AIRTON TETELBOM; DE MELO, DANIELA OLIVEIRA; VIEIRO, MONALIZA MEDINA; AUGUSTO, CAROLINE CAPELAO; DE SOUZA, RODOLFO RIBEIRO; VALENTIM, RENATA DE OLIVEIRA; FREIRE CARVALHO DOS SANTOS, FERNANDA CHUPEL; KORESCH LEIVA CAMPOS, BRUNA RAFAELLA; DE ALENCAR, FLAVIA REIS; DECISIONS, CHRONIC DIS INFORMED. Factors Associated With High-Quality Guidelines for the Pharmacologic Management of Chronic Diseases in Primary Care A Systematic Review. JAMA INTERNAL MEDICINE, v. 179, n. 4, p. 553-560, APR 2019. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.