Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da qualidade de sono, características miofuncionais e presença de ronco em indivíduos obesos

Processo: 16/19197-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Luciana Pinato
Beneficiário:Giovanna Pietruci Junqueira Thomaz da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Sono   Ronco   Apneia obstrutiva do sono   Obesidade   Qualidade de vida

Resumo

A obesidade, caracterizada pelo acúmulo de gordura corporal, atinge um terço da população mundial. Dentre as diversas complicações decorrentes da obesidade estão os distúrbios de sono incluindo apneia obstrutiva do sono (AOS) e o ronco. Este último causado em sua maioria pelo acúmulo de gordura central, pode ser um sinal e também levar a piora do quadro de AOS. Entre as opções de tratamento para o ronco e AOS estão as terapias fonoaudiológicas de aumento de força e controle muscular das estruturas envolvidas nas vias aéreas superiores, diminuindo a gravidade do ronco e AOS e melhorando a qualidade do sono. Embora seja uma população com alta susceptibilidade, poucos estudos investigaram essas características em obesos. A investigação sobre a presença de distúrbios de sono, irregularidades miofuncionais orofaciais e ronco em indivíduos obesos contribuirá para alertar sobre a necessidade e contribuirá para o planejamento terapêutico multidisciplinar envolvendo a fonoaudiologia. Assim, propõe-se neste trabalho investigar a qualidade de sono, as características miofuncionais orofaciais e a presença de ronco em uma população de indivíduos obesos. A pesquisa contará com 50 indivíduos selecionados aleatoriamente em um ambulatório de obesidade, com idade entre 25 e 65 anos, de ambos os gêneros. A investigação da qualidade de sono será realizada através do Índice de qualidade de sono de Pittsburgh (PSQI-BR), as características miofuncionais orofaciais por meio do exame miofuncional orofacial (MBGR) e a presença de ronco com o Questionário de Berlim para Ronco. (AU)