Busca avançada
Ano de início
Entree

Anisotropias magnéticas e paleomagnetismo das rochas vulcânicas aflorantes na região de Santa Cruz do Sul, RS

Processo: 17/01227-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Maria Irene Bartolomeu Raposo
Beneficiário:Thales Pescarini
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/06082-6 - A província magmática Paraná-Etendeka no Brasil: relações temporais e petrológicas entre o magmatismo toleítico e alcalino e suas implicações geodinâmicas, AP.TEM
Assunto(s):Rochas vulcânicas   Paleomagnetismo   Anisotropia magnética   Bacia do Paraná

Resumo

Esta pesquisa tem por objetivo estudar as rochas vulcânicas básicas e ácidas da Formação Serra Geral (Bacia do Paraná) aflorantes na região de Santa Cruz do Sul, RS, através dos métodos magnéticos, visando o conhecimento das anisotropias magnéticas e dos minerais magnéticos portadores da magnetização remanente das rochas. Para tanto, pretende-se determinar as propriedades magnéticas dessas rochas, através de um estudo detalhado de magnetismo de rocha além de determinar a direção da magnetização característica das rochas. Este estudo permitirá: a identificação dos diferentes derrames (onde as condições de campo não o permitirem); investigar a relação temporal dos sucessivos derrames, através da direção de magnetização remanente característica das rochas visando, se possível, a magnetoestratigrafia; inferir a direção do fluxo magmático nos derrames, através das anisotropias magnéticas, contribuindo, desse modo, para um melhor conhecimento principalmente do tempo de duração do vulcanismo ácido e básico ocorrido na região de estudo. Os resultados obtidos serão comparados com os demais dados magnéticos existentes para a região sul da Bacia do Paraná, na tentativa de correlacionar temporalmente os derrames aqui estudados com os derrames de diferentes localidades, como aqueles estudados por Ernesto et al. (1990), entre outros. (AU)