Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação da petrocronologia na reconstrução de trajetórias P-T-t (pressão-temperatura-tempo) da Província Borborema setentrional durante o Neoproterozóico

Processo: 16/25987-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Ricardo Ivan Ferreira da Trindade
Beneficiário:Caue Rodrigues Cioffi
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/06114-6 - O Sistema Terra e a evolução da vida durante o Neoproterozoico, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):18/07892-8 - Petrocronologia LA-ICP-MS de monazita, titanita e zircão da Província Borborema setentrional, BE.EP.PD
Assunto(s):Paleogeografia   Neoproterozoico   Geocronologia

Resumo

A longa duração dos processos relacionados ao soerguimento e colapso de cadeias de montanhas torna a geocronologia de sistemas orogênicos um grande desafio. Esses processos podem perdurar por dezenas de milhões de anos e, portanto, a interpretação correta do significado de dados geocronológicos depende de correlações bem definidas entre as idades obtidas e condições de pressão e temperatura. Essas correlações permitem a datação dos diversos estágios de crescimento e abatimento dos orógenos e são fundamentais na busca por reconstruções paleogeográficas acuradas. As idades podem ser associadas às condições P-T através da combinação de diversas ferramentas, incluindo análise textural, modelamento termodinâmico, geocronologia e geoquímica em uma abordagem integrada conhecida como petrocronologia. Esse é um campo relativamente novo das geociências que tem crescido constantemente nas últimas duas décadas, principalmente devido aos avanços nas técnicas de análise mineral in-situ. No presente projeto de pesquisa é proposto um estudo petrocronológico de detalhe na Província Borborema setentrional, especificamente nas rochas metassedimentares do Grupo Seridó e ortognaisses do embasamento associados. A evolução temporal das condições de pressão e temperatura do orógeno será determinada através da combinação de modelamento termodinâmico à dados texturais, geocronológicos e geoquímicos de monazita, titanita, zircão e granada, que serão obtidos in-situ, através de microssonda eletrônica e laser ablation- inductively coupled plasma-mass spectrometry (LA-ICP-MS). Desta forma, pretende-se contribuir para a compreensão da evolução tectônica neoproterozóica da Província Borborema, durante a aglutinação do Gondwana ocidental, através de uma abordagem que está na fronteira de sua área de conhecimento. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CIOFFI, CAUE RODRIGUES; CAMPOS NETO, MARIO DA COSTA; MOLLER, ANDREAS; ROCHA, BRENDA CHUNG. Titanite petrochronology of the southern Brasilia Orogen basement: Effects of retrograde net-transfer reactions on titanite trace element compositions. LITHOS, v. 344, p. 393-408, NOV 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.