Busca avançada
Ano de início
Entree

Tempo e espaço na evolução de Staurozoa (Cnidaria)

Processo: 17/00312-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Marques
Beneficiário:Adriana Marcela Morales Guerrero
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50242-5 - Dimensões da vida marinha: padrões e processos de diversificação em cnidários planctônicos e bentônicos, AP.BTA.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):18/25015-4 - O que explica os padrões de diversificação e riqueza entre Cnidaria?, BE.EP.DR
Assunto(s):Cnidários

Resumo

Staurozoa é uma classe de cnidários bentônicos, com ~50 espécies. Estauromedusas possuem ampla distribuição, porém a maioria ocorre em águas temperadas e polares. As características exclusivas dos Staurozoa, somadas à sua posição evolutiva, torna abordagens macroevolutivas e biogeográficas particularmente interessantes. O objetivo geral deste estudo é inferir os processos bióticos e abióticos que conduziram à diversificação de Staurozoa. Para cumprir este objetivo, utilizaremos a hipótese filogenética recente de Staurozoa como base para investigar sua origem e diversificação temporal e os eventos biogeográficos que influenciaram sua evolução espaço-temporal. Finalmente, inferiremos como o nicho ecológico dos Staurozoa mudou ao longo do tempo e como os processos macroevolutivos têm conduzido à distribuição atual das espécies do grupo. (AU)