Busca avançada
Ano de início
Entree

Alimentos ultraprocessados e o consumo de fibras alimentares no Brasil

Processo: 16/25064-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Ana Paula Bortoletto Martins
Beneficiário:Gabriela Lopes da Cruz
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/14900-9 - Consumo de alimentos ultraprocessados, perfil nutricional da dieta e obesidade em sete países, AP.TEM
Assunto(s):Hábitos alimentares   Consumo de alimentos   Fibras na dieta   Alimentos processados   Alimentos industrializados

Resumo

Este projeto objetiva estudar o consumo de fibras alimentares no Brasil e sua relação com a ingestão de alimentos ultraprocessados. O estudo envolverá a análise de dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009, em particular dados sobre consumo individual de alimentos. Dados sobre consumo alimentar foram obtidos por meio de dois registros alimentares de 24 horas realizados pelos moradores com 10 anos ou mais de idade (n=34.003) em uma subamostra de 24,3% dos domicílios. Os alimentos serão classificados em grupos segundo características de seu processamento industrial, sendo eles in natura ou minimamente processados, ingredientes culinários, processados e ultraprocessados. O padrão de consumo alimentar será caracterizado levando-se em conta a contribuição de cada grupo de alimentos para o consumo energético total. Será estudado o consumo de fibras alimentares em relação à contribuição para as calorias totais da dieta de acordo com os 4 grupos e seus subgrupos, assim como a densidade (g/kcal) que as fibras representam em cada um deles. Será também realizada análise para verificar a relação entre o consumo de alimentos ultraprocessados e as fibras alimentares a partir da classificação dos indivíduos em cinco estratos conforme a contribuição de alimentos ultraprocessados para o valor calórico total da sua dieta. Esse estudo é vinculado ao projeto temático Consumo de Alimentos Ultraprocessados, Perfil Nutricional da Dieta e Obesidade em Sete Países, que estuda o padrão de consumo de alimentos ultraprocessados e sua influência sobre o perfil nutricional da dieta e a obesidade na população de sete países. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.