Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese de álcoois triazólicos funcionalizados empregando um catalisador de cobre trocado em zeólita magneticamente recuperável

Processo: 17/09855-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Convênio/Acordo: GlaxoSmithKline
Pesquisador responsável:Arlene Gonçalves Corrêa
Beneficiário:Lucas Valentin Bosi Loss Pugnal
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50249-8 - Green chemistry: sustainable synthetic methods employing benign solvents, safer reagents, and bio-renewable feedstock, AP.PCPE
Assunto(s):Zeolitas   Síntese orgânica   Triazóis   Catalisadores

Resumo

Este projeto de pesquisa é um subprojeto do tema que já está sendo desenvolvido em nosso Centro de Excelência para Pesquisa em Química Sustentável com auxílio da FAPESP/GSK (Processo 2014/50249-8). A química verde também conhecida como química sustentável, tem se tornado um dos pilares de químicos e engenheiros, incentivando e impulsionando tanto a indústria quanto a academia, no desenvolvimento de novos produtos e processos minimizando o uso e a geração de substâncias tóxicas. Neste sentido propõe-se neste projeto a utilização de um catalisador de cobre (I) trocado em zeólita magnética, para a obtenção de álcoois triazólicos funcionalizados. Inicialmente, pretende-se utilizar procedimentos sintéticos já descritos na literatura para a preparação do catalisador. Os álcoois triazólicos funcionalizados serão preparados em duas etapas, a primeira etapa deverá envolver a obtenção dos álcoois propargílicos através de metodologias disponíveis na literatura científica, posteriormente os derivados triazólicos serão preparados através do uso de metodologias verdes, como por exemplo, aquecimento por irradiação de micro-ondas e reações sem solvente. Os produtos sintetizados deverão ser purificados e ter as suas estruturas devidamente elucidadas através de diferentes técnicas espectroscópicas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.