Busca avançada
Ano de início
Entree

Enzima amilolítica e fibrolítica na alimentação de vacas leiteiras

Processo: 16/15711-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Acordo de Cooperação: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Francisco Palma Rennó
Beneficiário:Elissandra Maiara de Castro Zilio
Instituição Sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Amido
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:amido | enzima amilolítica | enzima fibrolítica | fibra | Vacas em lactação | Nutrição de Bovinos de Leite

Resumo

A utilização de aditivos na alimentação de ruminantes têm sido prática comum por melhorar a eficiência e o desempenho animal. Na tentativa de aumentar a digestibilidade das dietas têm sido utilizados suplementos com enzimas exógenas para animais. As enzimas são classificadas de acordo com os substratos de atuação, em enzimas que atuam sobre fibra (xilanases e celulases), proteína (proteases), amido (amilases) e fitato (fitases). Quimicamente, as enzimas são proteínas com uma estrutura molecular tridimensional complexa que tem importante implicação para sua estabilidade quando exposta a altas temperaturas ou durante o trânsito no trato digestório. Atualmente, os estudos com enzimas exógenas em ruminantes têm focado na utilização de enzimas que degradam amido e fibra, elevando assim o consumo de energia digestível. Alguns benefícios têm sido observados com a suplementação de enzimas exógenas, dentre eles: degradação de fatores antinutricionais, aumento da eficiência de produção, redução de custos e complemento a atividade das enzimas endógenas. O mecanismo de ação das enzimas exógenas adicionadas às dietas de ruminantes não é totalmente conhecido, e as pesquisas tem focado na avaliação de cada classe de enzimas individualmente. Assim, o objetivo do presente estudo é avaliar a associação de enzimas fibrolíticas e enzimas amilolíticas no desempenho e metabolismo de vacas leiteiras. Serão conduzidos dois experimentos, sendo que no primeiro (experimento 1) serão utilizadas 48 vacas em lactação, em um ensaio contínuo (delineamento em blocos casualizados), com o objetivo de mensurar as variáveis de consumo e digestão de nutrientes, metabólitos sanguíneos e desempenho. No experimento 2, serão utilizadas oito vacas em lactação, em um delineamento em quadrado Latino 4x4, que além de mensurar as variáveis já citadas no primeiro experimento, também serão avaliados os parâmetros de fermentação ruminal. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZILIO, ELISSANDRA M. C.; DEL VALLE, TIAGO A.; GHIZZI, LUCAS G.; TAKIYA, CAIO S.; DIAS, MAURO S. S.; NUNES, ALANNE T.; SILVA, GUILHERME G.; RENNO, FRANCISCO P.. Effects of exogenous fibrolytic and amylolytic enzymes on ruminal fermentation and performance of mid-lactation dairy cows. JOURNAL OF DAIRY SCIENCE, v. 102, n. 5, p. 4179-4189, . (16/15711-8)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ZILIO, Elissandra Maiara de Castro. Enzimas fibrolítica e amilolítica exógenas na alimentação de vacas em lactação. 2018. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ/SBD) Pirassununga.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.