Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo sobre a depressão, ansiedade e funções executivas em pacientes pediátricos após término do tratamento para leucemia aguda: um estudo comparativo com irmãos

Processo: 17/04483-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Deborah Suchecki
Beneficiário:Priscilla Brandi Gomes Godoy
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neuropsicologia   Depressão   Oncologia pediátrica   Ansiedade

Resumo

As leucemias correspondem à 30% das neoplasias malignas que acometem crianças e adolescentes. A alta taxa de sobrevivência desses pacientes impulsiona investigações sobre a toxicidade à longo prazo do tratamento oncológico na infância para o organismo, assim como as consequências decorrentes do estresse ao qual essas crianças e adolescentes são expostos. A forma como os pais enfrentam a doença de seus filhos, a dinâmica familiar e o desempenho dos pacientes em testes de funções executivas já foram associados ao enfrentamento da situação pelos próprios pacientes, do ponto de vista emocional e comportamental. O objetivo do presente estudo foi investigar a ocorrência de sintomas de ansiedade e depressão, assim como de déficits em funções executivas em crianças e/ou adolescentes livres de doença, após tratamento para leucemia aguda, em comparação com seus irmãos e crianças e/ou adolescentes em desenvolvimento típico. Para tal, serão avaliadas 30 crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos e 11meses de idade, de ambos os sexos, considerados livres de doença após o término do tratamento para leucemia aguda por pelo menos seis meses. Para os grupos controle serão avaliados 30 irmãos dos pacientes e 30 crianças e adolescentes em desenvolvimento típico, da mesma faixa etária. A coleta de dados será realizada na sala de espera do A.C. Camargo Câncer Center e no Núcleo de Atendimento Neuropsicológico Infantil Interdisciplinar (NANI), em dois momentos diferentes com intervalo médio de uma semana. Para mensuração dos dados neuropsicológicos serão utilizados, dependendo da idade, o Behavior Rating Inventory of Executive Functions (BRIEF) - versão para pais; a Escala Wechsler de inteligência para crianças - 4.ª Edição (WISC IV), ou a Escala Wechsler de inteligência para adultos - 3.ª Edição (WAIS III); a Avaliação neuropsicológica do desenvolvimento (NEPSY II), ou o Teste dos cinco dígitos (FDT); e o Continuous Performance Test (CPT). Para avaliação da secreção de cortisol, será realizada coleta de saliva em 5 momentos ao longo de um dia de final de semana (ao despertar, 30 min depois de despertar, 14:00 h, 16:00 h e antes de dormir - 22:00 h) e para a avaliação comportamental serão utilizados os seguintes instrumentos: Escala de Stress Infantil (ESI), ou Escala de Stress para Adolescentes (ESA); Escala de resiliência para crianças e adolescentes de Sandra Prince-Embury; Child Behavior Checklist - (CBCL) versão para pais. Os cuidadores principais de todos os sujeitos da amostra e do grupo controle também serão avaliados quanto aos sintomas de depressão e ansiedade a partir do Inventário de Depressão Beck e do Inventário de Ansiedade TraçoEstado (IDATE). Para a análise estatística serão utilizadas análises descritivas, ANOVA, análise de regressão linear múltipla e análises de correlação. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GODOY, PRISCILLA BRANDI GOMES; SIMIONATO, NATALIA MARIA; DE MELLO, CLAUDIA BERLIM; SUCHECKI, DEBORAH. Assessment of Executive Functions after Treatment of Childhood Acute Lymphoid Leukemia: a Systematic Review. NEUROPSYCHOLOGY REVIEW, v. 30, n. 3, . (17/04483-7)
GOMES GODOY, PRISCILLA BRANDI; DE MELLO, CLAUDIA BERLIM; POMPEIA, SABINE; LIMA DA COSTA, CECILIA MARIA; CYPRIANO, MONICA DOS SANTOS; SUCHECKI, DEBORAH. Preserved executive functioning and low stress symptoms in children treated for acute lymphoblastic leukemia. APPLIED NEUROPSYCHOLOGY-CHILD, . (17/04483-7)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.