Busca avançada
Ano de início
Entree

Morfologia comparativa e evolutiva dos órgãos odoríferos alares em Satyrinae (Lepidoptera: Papilionoidea)

Processo: 17/02264-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:André Victor Lucci Freitas
Beneficiário:Thamara Zacca Bispo Taumaturgo
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Borboletas   Morfologia animal   Evolução animal

Resumo

As escamas (ou macrotríquias) dos lepidópteros são projeções cuticulares que desempenham diversas funções, tais como impermeabilidade, auxílio na aerodinâmica durante o voo e comunicação sexual visual ou química. As escamas responsáveis pela comunicação sexual química são denominadas órgãos odoríferos. Os órgãos odoríferos podem estar situados em diversas partes do corpo dos lepidópteros, sendo mais comuns nas asas. No Brasil, poucos estudos têm sido desenvolvidos com relação a morfologia macro e ultraestrutural dos órgãos odoríferos em borboletas e, até o momento, nenhum com enfoque filogenético. O objetivo do presente projeto é realizar o primeiro estudo morfológico comparativo entre os órgãos odoríferos alares de Satyrinae em um contexto evolutivo, com ênfase nas espécies brasileiras, além de investigar, a partir de evidência macro e ultraestrutural, a homologia entre tais estruturas, bem como seu valor taxonômico na delimitação de gêneros e espécies. Com os resultados obtidos no presente estudo, espera-se fornecer subsídios para uma melhor compreensão das relações internas de parentesco dos Satyrinae. (AU)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NAKAHARA, SHINICHI; ZACCA, THAMARA; DIAS, FERNANDO M. S.; DOLIBAINA, DIEGO R.; XIAO, LEI; ESPELAND, MARIANNE; CASAGRANDE, MIRNA M.; MIELKE, OLAF H. H.; LAMAS, GERARDO; HIJERTAS, BLANCA; KLECKNER, KAYLIN; WILLMOTT, KEITH R. Revision of the poorly known Neotropical butterfly genus Zischkaia Forster, 1964 (Lepidoptera, Nymphalidae, Satyrinae), with descriptions of nine new species. EUROPEAN JOURNAL OF TAXONOMY, v. 551, p. 1-67, SEP 13 2019. Citações Web of Science: 0.
ANDRÉ V.L. FREITAS; LUÍSA L. MOTA; THAMARA ZACCA; EDUARDO P. BARBOSA. Description of a new and highly distinctive genus and species of Euptychiina (Lepidoptera: Nymphalidae: Satyrinae) from the Brazilian southern Amazon. Revista Brasileira de Entomologia, v. 63, n. 3, p. 254-261, Jul. 2019. Citações Web of Science: 0.
ANDRÉ V.L. FREITAS; EDUARDO P. BARBOSA; THAMARA ZACCA; MARIO ALEJANDRO MARÍN; MARINA V. BEIRÃO; ANDRÉ R.M. SILVA; MIRNA M. CASAGRANDE; MARIANNE ESPELAND; KEITH R. WILLMOTT. Before it is too late: description of a new genus and species of butterfly from a highly threatened Brazilian biome. Revista Brasileira de Entomologia, v. 62, n. 2, p. -, Jun. 2018.
FREITAS, ANDRE V. L.; BARBOSA, EDUARDO P.; ZACCA, THAMARA; MARIN, MARIO ALEJANDRO; BEIRAO, V, MARINA; SILVA, ANDRE R. M.; CASAGRANDE, MIRNA M.; ESPELAND, MARIANNE; WILLMOTT, KEITH R. Before it is too late: description of a new genus and species of butterfly from a highly threatened Brazilian biome. Revista Brasileira de Entomologia, v. 62, n. 2, p. 148-158, APR-JUN 2018. Citações Web of Science: 3.
ZACCA, THAMARA; CASAGRANDE, MIRNA M.; MIELKE, OLAF. H. H.; HUERTAS, BLANCA; BARBOSA, EDUARDO P.; FREITAS, ANDRE V. L.; MAGALDI, LUIZA M.; ESPELAND, MARIANNE; NAKAHARA, SHINICHI; WILLMOTT, KEITH R. Systematics of the butterfly genus Cissia Doubleday, 1848 (Lepidoptera: Nymphalidae: Satyrinae) using an integrative approach. ARTHROPOD SYSTEMATICS & PHYLOGENY, v. 76, n. 2, p. 349-376, 2018. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.