Busca avançada
Ano de início
Entree

Magnificação e habilidade motora fina: efeito sobre estudantes de odontologia

Processo: 16/22870-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Pesquisador responsável:Patrícia Petromilli Nordi Sasso Garcia
Beneficiário:Vinicius Perassoli Menegazzo
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde ocupacional   Odontologia social   Habilidades motoras   Reprodutibilidade   Estudantes de odontologia   Análise de variância   Teste de Tukey

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo observar o efeito de diferentes sistemas de magnificação sobre a habilidade motora fina de estudantes de Odontologia. Será realizado um estudo experimental do tipo laboratorial cuja variável dependente será a habilidade motora fina, medida pelo teste de Precisão de Destreza Manual (Precision Manual Dexterity - PMD) e a variável independente o sistema de magnificação em 4 níveis (visão direta; lupa monocular; lupa com sistema Galilean; lupa com sistema Keplerian). A lupa monocular será a da BioArt, com 3,5 de aumento, a do sistema Galilean e Keplerian será a lupa binocular da Ymarda, com aumentos de 3,5 e 4,0, respectivamente. A amostra será composta por todos os estudantes do 5° ano de graduação em Odontologia da Faculdade de Odontologia de Araraquara- UNESP. O Teste de Precisão de Destreza Manual consistirá da inserção de uma lima tipo Kerr #10 de 21 mm em uma série de pequenos alvos impressos em folha de papel. Um pesquisador calibrado atribuirá escores de acordo com a direção da inserção. Para verificar a confiabilidade destas avaliações, será realizado o estudo de reprodutibilidade intra-examinador, onde o pesquisador examinará em duplicata 20 folhas testes. A concordância intra-examinador será estimada por meio do Coeficiente de Correlação Intraclasse (r) e neste estudo será considerado adequado um nível de concordância intra-examinador no mínimo classificada como "Boa". Será realizada a análise estatística descritiva. Após a verificação dos pressupostos de normalidade e homocedasticidade será realizada análise de variância (ANOVA) a um fator e pós-teste de Tukey. O nível de significância adotado será de 5%.