Busca avançada
Ano de início
Entree

Ceticismo e autoconhecimento

Processo: 17/10221-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - Epistemologia
Pesquisador responsável:Marco Antonio Caron Ruffino
Beneficiário:Joshua Rowan Thorpe
Supervisor no Exterior: Crispin James Garth Wright
Instituição-sede: Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência (CLE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Stirling, Escócia  
Vinculado à bolsa:16/03277-1 - Ceticismo e primeira pessoa, BP.PD
Assunto(s):A priori

Resumo

Digamos que o ceticismo sobre um tópico é a visão de que eu nada sei sobre este tópico. Discussões filosóficas do ceticismo têm normalmente se concentrado na questão sobre o meu conhecimento do mundo exterior, i.e., dos objetos físicos. Há muito pouca discussão do ceticismo sobre o conhecimento do meu mundo interno, i.e., o mundo de meus estados mentais. Por exemplo, enquanto existe extensa bibliografia sobre o meu conhecimento de que tenho duas mãos, há muito pouca discussão sobre se eu sei que eu creio que eu tenho duas mãos, ou se eu sei que me parece que eu tenho duas mãos. Este projeto está focado na questão sobre a possibilidade de motivar um ceticismo sobre o conhecimento do mundo interno. A questão será tratada através de uma investigação daquilo que é epistemicamente distintivo do auto-conhecimento, i.e., conhecimento de primeira pessoa do mundo interno. Uma resposta à questão sobre a possibilidade desta motivação terá implicações para aquilo que é requerido como uma resposta adequada ao ceticismo e para o debate sobre a natureza do auto-conhecimento.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.