Busca avançada
Ano de início
Entree

Balanço de fósforo no solo e potencial de exploração do legado de fósforo sob sistemas de produção agropecuária brasileira

Processo: 17/04186-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Paulo Sergio Pavinato
Beneficiário:Paulo Sergio Pavinato
Anfitrião: Paul John Anthony Withers
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Bangor University, País de Gales  
Assunto(s):Agropecuária   Fertilidade do solo   Fosfatos   Fósforo   Produção de alimentos

Resumo

A produção mundial de alimentos deve aumentar substancialmente para atender às demandas de uma população mundial crescente (9,5 bilhões) até 2050. O Brasil tem um grande potencial de expansão agrícola para a produção de alimentos, com uma capacidade de cultivar 70 Mi hectares além dos 60 Mi hectares atualmente em produção agrícola. O fósforo (P) é um elemento essencial para a produção de alimentos e biocombustíveis, mas os solos brasileiros têm uma alta capacidade de fixação de P, portanto esta expansão exigirá grandes quantidades de fertilizantes fosfatados caros, para superar a rápida imobilização de P inorgânico que ocorre em áreas altamente degradadas, ricas em óxidos de ferro (Fe) e alumínio (Al). Portanto, estratégias alternativas são necessárias para que a produção agrícola sustentável no Brasil proteja recursos finitos de rocha fosfática e reduza o risco de eutrofização associado à perda de P para os cursos de água. A integração de estratégias potenciais para o uso do legado de P no solo, definida como a adoção integrada dos avanços tecnológicos na agricultura de precisão, rotação de culturas, melhoramento de plantas e engenharia microbiana, juntamente com uma maior dependência da aplicação direcionada do P recuperado e/ou reciclado, pode ser uma forma mais eficiente de exploração desse recurso finito. Nesta proposta, pretendemos mapear a distribuição espacial das entradas/saídas de P nas áreas de lavoura e pecuária brasileiras nas últimas cinco décadas e estimar a demanda futura de fertilizantes fosfatados até 2050. A quantidade e valor do legado de P total explorável em solos brasileiros será estimado e, finalmente, será analisado o potencial de mobilização deste P na prestação de serviços ecossistêmicos e econômicos em relação ao capital natural brasileiro. Os resultados do projeto serão divulgados através da publicação de artigos científicos em revistas de alto impacto e apresentações em encontros científicos nacionais e internacionais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (1 total):
IDEA : Como o fósforo acumulado no solo pode chegar à planta? (21/Out/2020)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PAULO SERGIO PAVINATO; GUSTAVO CASSONI ROCHA; MAURÍCIO ROBERTO CHERUBIN; IAN HARRIS; DAVEY LEONARD JONES; PAUL JOHN ANTHONY WITHERS. Map of total phosphorus content in native soils of Brazil. Scientia Agricola, v. 78, n. 6, p. -, 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.