Busca avançada
Ano de início
Entree

Diferenças no reconhecimento de emoções faciais entre idosos com e sem transtorno neurocognitivo maior

Processo: 16/20736-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Marcos Hortes Nisihara Chagas
Beneficiário:Bianca Letícia Cavalmoretti Ferreira
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Demência   Cognição social   Reconhecimento facial   Transtornos neurocognitivos

Resumo

O reconhecimento de emoções faciais (REF) é essencial para a interação humana e convivência em sociedade, visto que está relacionada à capacidade de interpretar sentimentos e emoções de outra pessoa. Estudos realizados anteriormente descrevem um declínio na capacidade de reconhecer as emoções faciais com a idade, apontando um pior desempenho nos testes de REF em idosos, assim como em pior desempenho naqueles com demência. Apesar disso, nenhum estudo ainda foi realizado utilizando os novos critérios de demência ou transtorno neurocognitivo maior (TNM) propostos pelo DSM-5. Além disso, apenas um estudo foi realizado até o momento para comparar as diferenças no REF entre idosos com doença de Alzheimer e com demência vascular. O objetivo será comparar a habilidade de reconhecimento das seis emoções faciais básicas (tristeza, alegria, nojo, surpresa, medo e raiva) entre três grupos: I) 20 idosos com TNM devido a Doença de Alzheimer, II) 20 idosos com TNM Vascular e III) 20 idosos sem TNM pareados por sexo, idade e escolaridade. Na tarefa de reconhecimento de emoções faciais, serão apresentados ao indivíduo 96 imagens de faces de atores de ambos os sexos de emoções nas intensidades de 40%, 60%, 80% ou 100%. Nossa hipótese é que os idosos com TNM apresentem déficits na identificação de emoções faciais básicas em comparação com idosos sem TNM. (AU)