Busca avançada
Ano de início
Entree

Sintomas vaginais e de incontinência urinária em mulheres pós-parto

Processo: 16/15721-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Cássia Raquel Teatin Juliato
Beneficiário:Jamile Carolina Bortoletto
Instituição-sede: Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM). Hospital da Mulher Professor Doutor José Aristodemo Pinotti. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Incontinência urinária   Assoalho pélvico   Período pós-parto

Resumo

Disfunções do assoalho pélvico afetam mulheres de todas as idades, acarretando consequências negativas em sua qualidade de vida e prejuízo financeiro. O parto, independente da via, pode ser um fator traumático para o assoalho pélvico, porém o mecanismo fisiológico dessa alteração não está totalmente esclarecido. Objetivo: Avaliar os sintomas vaginais e as queixas de incontinência urinária em mulheres 12 a 18 meses pós-parto. Sujeitos e métodos: Este é um estudo de corte transversal que avaliará 112 mulheres (56 com parto vaginal e 56 cesáreas) que tiveram parto no Hospital da Mulher "Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti" CAISM/UNICAMP. As mulheres serão selecionadas através do registro no livro de partos do hospital no período de 12- 18 meses prévios a coleta e serão contatadas por meio de telefone. A coleta de dados será realizada pela pesquisadora através deste contato telefônico no qual será explicado os objetivos do estudo e após a mulher aceitar participar, a pesquisadora irá realizar a entrevista estruturada e aplicará os com os questionários de sintomas de prolapso e incontinência urinária (ICIQ-VS e ICIQ-SF). As informações sobre peso e perímetro cefálico do recém-nascido, tipo de parto realizado, anestesia, realização de episiotomia, uso de fórceps e tempo de período expulsivo serão levantadas de prontuário médico. Os dados serão descritos através de média, desvio-padrão, mediana e frequências. A avaliação das variáveis em relação aos casos será realizada através do teste T de Student ou qui-quadrado, bem como valores da razão de prevalência e seus respectivos intervalos de confiança 95%%. Será realizada regressão log-binomial com critério de seleção de variáveis stepwise para selecionar os principais fatores associados (51). O nível de significância será de 5% e o software o SAS versão 9.4 para Windows. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)