Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemas multifuncionais nanoestruturados para a liberação de fármacos administrados por via nasal no tratamento de glioblastomas

Processo: 16/09671-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Maria Palmira Daflon Gremião
Beneficiário:Natália Noronha Ferreira Naddeo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/04546-1 - Avaliação do efeito sinérgico do CHC e cetuximabe no tratamento de glioblastoma utilizando sistemas de liberação, BE.EP.DR
Assunto(s):Nanopartículas

Resumo

Glioblastomas (GBM) representam cerca de 77% dos tumores malignos que acometem o sistema nervoso central (SNC) e ainda hoje, apesar dos avanços em quimioterapia, radioterapia e neurocirurgia, possuem um prognóstico muito limitado. A existência de barreiras fisiológicas, especialmente barreira hematoencefalica (BBB), representa o principal obstáculo que limita a passagem de concentrações adequadas de muitos fármacos destinados ao seu combate. Por suas vantagens anatômicas, uma estratégia proposta para o fornecimento de agentes terapêuticos para o SNC consiste no uso da via nasal de administração, uma vez que ela evita a passagem pela BBB permitindo que o fármaco atinja o parênquima cerebral através de canais perineurais. Paralelamente, o entendimento do comportamento molecular das células tumorais aliado as pesquisas em biofísica, química e farmacologia sugerem que a terapêutica desta patologia deve englobar a abordagem de alvos múltiplos, ou seja, interferência em diferentes vias de sinalização de maneira simultânea, minimizando assim, a adaptação e resistência das células tumorais. A nanotecnologia vem integrar essas áreas de pesquisa fornecendo ferramentas tecnológicas que poderão proporcionar a entrega seletiva de fármacos, facilitar sua internalização ou ainda, conferir a liberação controlada do agente terapêutico no alvo intracelular. Seguindo este raciocínio, este projeto de pesquisa propõe o design racional de nanoparticulas multifuncionais combinando: a utilização dos polímeros alginato e quitosana, que apresentam propriedades mucoadesiva e a capacidade de interagir com constituintes do muco; a associação dos fármacos cetuximabe, um anticorpo monoclonal que atua no receptor de fator de crescimento epidermal inibindo a produção de fatores pró-angiogénicos e ácido alfa-ciano-4 hidroxicinamico (CHC), molécula capaz de inibir a atividade dos transportadores responsáveis pelo efluxo de ácido lático para o meio extracelular ocasionando a acidose das células tumorais; e as vantagens anatômicas da cavidade nasal quando se deseja atingir o SNC, possibilitando desta maneira, um futuro mais favorável a terapêutica dos GBM. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, LEONARDO M. B.; ALONSO, JOVAN D.; KIILL, CHARLENE P.; FERREIRA, NATALIA N.; BUZZA, HILDE H.; MARTINS DE GODOI, DENIS R.; DE BRITTO, DOUGLAS; ASSIS, ODILIO BENEDITO G.; SERAPHIM, THIAGO V.; BORGES, JULIO CESAR; GREMIAO, MARIA PALMIRA D. Exploiting supramolecular interactions to produce bevacizumab-loaded nanoparticles for potential mucosal delivery. EUROPEAN POLYMER JOURNAL, v. 103, p. 238-250, JUN 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.