Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da adsorção de cromo em carboximetilcelulose obtida a partir de palha de milho modificada e ativada com diferentes líquidos iônicos

Processo: 17/05485-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Andreia de Araújo Morandim
Beneficiário:José Carlos de Andrade Neto
Instituição-sede: Campus de São Bernardo do Campo. Centro Universitário da FEI (UNIFEI). Fundação Educacional Inaciana Padre Sabóia de Medeiros (FEI). São Bernardo do Campo , SP, Brasil
Assunto(s):Tratamento de águas residuárias

Resumo

Atualmente, muitos estudos relacionados a tratamento de efluentes de metais pesados estão sendo desenvolvidos, principalmente os que possibilitam a utilização de resíduos lignocelulósicos como adsorventes. Assim, durante o desenvolvimento do presente projeto, inicialmente, serão sintetizados e caracterizados os líquidos iônicos a partir do ácido láctico e das aminas sec-butilamina e terc-butilamina. As caracterizações dos mesmos serão realizadas via RMNH1, RMNC13 e FTIR-ATR. Após essa etapa, será realizada a obtenção da carboximetilcelulose a partir da palha de milho. Para isso, a mesma passará por um processo de polpação em meio básico (solução de soda 9 % durante 6 h), branqueamento com peróxido (solução de peróxido de hidrogênio 5 % durante 5 h, pH 12, 40ºC) e, obtenção da carboximetilcelulose utilizando-se o ácido monocloroacético. Porém, a carboximetilcelulose apresenta elevada solubilidade em água, assim, a mesma passará por um processo de reação com a quitosana para a obtenção do adsorvente desejado, que será caracterizado por difração de raios X, espectroscopia na região do infravermelho e calorimetria diferencial exploratória e, posteriormente, submetido ao processo de ativação com os líquidos iônicos sintetizados visando a verificação da influência da ramificação da cadeia amínica no processo de ativação e, posterior adsorção de cromo. Após a ativação da carboximetilcelulose, serão realizados experimentos de adsorção de cromo utilizando-se uma solução de dicromato de potássio 400 mg/L para verificação da eficiência de cada adsorvente. Também serão realizados estudos para determinação do pH ótimo de adsorção, da temperatura ideal do processo, da concentração máxima de cromo adsorvido por grama de adsorvente e também do tempo ótimo de reação. Os estudos referentes ao tempo de reação serão utilizados para a determinação da cinética de reação e os dados referentes a variação da concentração de cromo em diferentes temperaturas serão utilizados para a obtenção das isotermas de adsorção, e com isso, será determinada a eficiência do adsorvente obtido. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE ANDRADE NETO, JOSE CARLOS; PEREIRA, GILBERTO JOSE; MORANDIM-GIANNETTI, ANDREIA DE ARAUJO. Chitosan and corn stover derivative bioadsorbent: characterization and application in hexavalent chromium adsorption processes. Cellulose, v. 27, n. 11 MAY 2020. Citações Web of Science: 0.
DE ANDRADE NETO, JOSE CARLOS; DE ALMEIDA, ANDRESSA CAROLINA; MACHADO, CAMILA DOS SANTOS; COELHO, DANIELLA OLMO; MOURAD, NAJIB; TEIXEIRA, NATALIA SIQUEIRA; PEREIRA, GILBERTO JOSE; MORANDIM-GIANNETTI, ANDREIA DE ARAUJO. Attainment of cellulose acetate from coir fiber submitted to pretreatment with IL n-butylammonium acetate. IRANIAN POLYMER JOURNAL, v. 28, n. 5, p. 425-433, MAY 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.