Busca avançada
Ano de início
Entree

Progressão das funções executivas e da velocidade de marcha em idosos preservados cognitivamente, com comprometimento cognitivo leve e com doença de Alzheimer: um estudo longitudinal de 30 meses

Processo: 17/05165-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Larissa Pires de Andrade
Beneficiário:Natália Oiring de Castro Cezar
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Alzheimer   Comprometimento cognitivo leve   Marcha (locomoção)   Idosos

Resumo

O comprometimento cognitivo leve (CCL) constitui possivelmente uma fase prodrômica das demências, entre elas, a doença de Alzheimer (DA). O CCL e a DA podem levar ao comprometimento das funções executivas, ao declínio da capacidade motora e ao déficit da funcionalidade. Objetivo: verificar a progressão das funções executivas e da velocidade de marcha em idosos preservados cognitivamente, com CCL e com DA na fase leve, além de analisar a correlação entre as funções executivas e a mudança da velocidade de marcha nos três perfis de idosos. Método: Trata-se de um estudo longitudinal de 30 meses. A amostra consistirá de três grupos de idosos da comunidade: preservados cognitivamente, com CCL e com DA na fase leve. Serão analisadas as variáveis dependentes velocidade de marcha e funções executivas. Os sujeitos serão avaliados através de parâmetros clínicos, neuropsicológicos e funcionais. Serão analisados por meio da Bateria de Avaliação Frontal, do Teste do Desenho do Relógio e da avaliação da velocidade de marcha de 10 metros. Os dados coletados serão analisados através do software SPSS na versão 22.0. Espera-se que ao longo do seguimento haja piora das funções executivas e da velocidade da marcha quanto maior o comprometimento cognitivo. Ainda, espera-se que o delta (diferença entre o valor final e o inicial) da Bateria de Avaliação Frontal e do Teste do Desenho do Relógio apresente uma alta correlação com o delta do teste de velocidade de marcha de 10 metros em idosos com CCL e com DA na fase leve. (AU)