Busca avançada
Ano de início
Entree

A Influência do Granizo na Eletrificação de Tempestades Severas

Processo: 17/06075-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Rachel Ifanger Albrecht
Beneficiário:Camila da Cunha Lopes
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/14497-0 - Previsão imediata de tempestades intensas e entendimento dos processos físicos no interior das nuvens: o SOS-CHUVA (Sistema de Observação e Previsão de Tempo Severo), AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Modelos matemáticos   Eletricidade atmosférica   Granizo

Resumo

Este projeto de pesquisa irá estudar as tempestades severas que ocorreram na Região Metropolitana de Campinas durante o experimento SOS-CHUVA, focando na eletrificação das tempestades e sua relação com a formação de granizo e graupel. Usando dados de um radar de dupla-polarização banda X, três redes de detecção de descargas elétricas e uma rede de detecção de granizo, a componente observacional do trabalho irá selecionar e analisar casos de tempestades severas classificando os hidrometeoros e relacionando com a quantidade de raios ao longo de seus ciclos de vida. Já a componente de modelagem numérica usará o modelo WRF-ARW com diferentes parametrizações de microfísica e eletrificação com o objetivo de determinar como as parametrizações de granizo afetam a eletrificação do modelo. Espera-se que os resultados encontrados gerem futuras implementações em algoritmos de previsão de curto prazo e modelos operacionais de previsão numérica de tempo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.