Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanoestruturas Fe3O4@SiO2@Ag-Au altamente ramificadas como aptassensor SERS para análise de troponina I

Processo: 17/08105-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Italo Odone Mazali
Beneficiário:Raisa Siqueira Alves
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/22127-2 - Desenvolvimento de novos materiais estratégicos para dispositivos analíticos integrados, AP.TEM
Assunto(s):Espectroscopia Raman   Plasmônica   Sensores   Troponina

Resumo

A espectroscopia Raman intensificada por superfície (SERS, do inglês surface-enhanced Raman spectroscopy) se tornou uma potente e bem estabelecida técnica de espectroscopia vibracional com amplas aplicações em Química, Ciência dos Materiais e áreas correlatas. SERS possibilita a intensificação do espalhamento Raman de moléculas adsorvidas em superfícies metálicas rugosas ou nanopartículas metálicas em várias ordens de magnitude, superando o sinal fraco característico do Raman tradicional. Nesse contexto, a busca por substratos SERS eficientes, altamente reprodutíveis e de baixo custo se tornou uma das principais questões no campo de pesquisa em espectroscopia Raman. Desse modo, a presente pesquisa objetiva sintetizar microflores de Fe3O4@SiO2@Ag-Au altamente ramificadas para aplicação como substratos SERS recicláveis de alta eficiência e com ressonância de plasmons modulável. Inicialmente, microflores de Fe3O4@SiO2@Ag serão sintetizadas por uma rota sonoquímica seguido de substituição galvânica para produção das estruturas mistas Ag-Au. A principal vantagem de ressonância de plasmons modulável é a possibilidade de contornar eventuais limitações do equipamento disponível por meio do ajuste da banda plasmon do metal de modo que corresponda ao comprimento de onda do laser incidente, possível pelo do controle do grau de substituição entre ouro e prata. Os substratos serão, então, caracterizados por microscopia eletrônica de transmissão, microscopia eletrônica de transmissão de alta resolução, espectroscopia no UV-Vis, difração de raios-X e fluorescência de raios-X. O fator de intensificação dos substratos será calculado pelas medidas de espectroscopia Raman da molécula de referência rodamina 6G (R6G). Ao final, será produzido um aptasensor com o substrato com melhor resposta SERS para análise de troponina I, um biomarcador cardíaco indicativo de infarto agudo do miocárdio (IAM). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ALVES, Raisa Siqueira. . 2019. Dissertação de Mestrado.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.