Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de ferramentas e análises para estudo das bases moleculares para a replicação do DNA e ciclo celular

Processo: 17/10853-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Maria Carolina Quartim Barbosa Elias Sabbaga
Beneficiário:Davi Toshio Inada
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07467-1 - CeTICS - Centro de Toxinas, Imuno-Resposta e Sinalização Celular, AP.CEPID
Assunto(s):Biologia computacional   Sequenciamento de nova geração

Resumo

O projeto CeTICS tem como objetivo principal entender o comprtamento dos sistemas biológicos baseado em análises de dados de larga escala e redes de sinalização, incluindo pesquisas em diversas áreas para estudar mecanismos bioquímicos, moleculares e celulares de toxinas que tem potencial terapêutico. O seqüenciamento e estudo de regiões de interesse do genoma de Trypanosoma cruzi, como a identificação das origens de replicação e regiões de nucleossomo, durante a fase de síntese do ciclo celular, são essenciais para a elucidação das bases moleculares e celulares do controle da replicação do DNA e seus mecanismos moleculares. Ao contrário de outros eucariotos, os processos na replicação do DNA de parasitas importantes como os trypanosomas é pouco conhecido e torna-se importante o desenvolvimento de metodologias e ferramentas para análise e integração de dados de genomas, genes e dados de larga escala de ômicas para estudos das espécies de Trypanosomas e suas alternâncias entre os estágios replicativos e não replicativos do ciclo de vida, possibilitando a aplicação destas novas abordagens para análise em outras espécies e comparações entre espécies. Tem sido descrito na literatura que a origem da replicação em eucariotos estão localizadas em regiões não nucleossomicas. Deste modo, uma vez identificada as origens de replicação, um dos objejtivos será investigar como estas sequências estão organizadas, em relação à posição nucleossômica, em diferentes estágios do ciclo de vida do Trypanosoma. As sequências de DNA para estes estudos serão obtidas através de diferentes metodologias e técnicas como SMARD (single molecule analysis of replicated DNA) e ChIP assays (Chromatin Imuno-Precipitation).