Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanopartículas lipídicas sólidas para a incorporação de trans-resveratrol: desenvolvimento, caracterização físico-química, estudo de estabilidade e liberação in vitro

Processo: 17/05566-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Marlus Chorilli
Beneficiário:Andressa Tardim Cruz
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/24365-9 - Estudo de permeação cutânea in vitro do trans-resveratrol incorporado em nanoparticulas lipídicas sólidas, BE.EP.IC
Assunto(s):Nanopartículas lipídicas sólidas   Nanotecnologia   Estabilidade de medicamentos   Resveratrol

Resumo

As nanopartículas lipídicas sólidas (NLS) são dispersões formadas por partículas nanométricas que possuem alta estabilidade fisiológica e uma matriz composta por lipídeos sólidos. As NLS apresentam diversas vantagens frente aos demais sistemas de liberação, tais como a possibilidade de uma liberação prolongada, controlada e alvo-especifica de fármacos nelas encapsulados, o aumento da estabilidade dos fármacos, facilidade de produção em larga escala, entre outras. Entretanto, um dos maiores problemas encontrados no desenvolvimento das NLS é a sua instabilidade por longos períodos de tempo; há diversos relatos de expulsão do fármaco durante o período de estocagem. O trans-resveratrol (RES) é uma substância naturalmente encontrada em uvas, apresenta baixa solubilidade em água e alta permeabilidade da membrana. Embora existam vários estudos demonstrando os benefícios do RES para o tratamento do melanoma, outros deles demonstram a baixa biodisponibilidade dessa substância via oral em humanos, o que pode ser contornado pela sua administração cutânea. Dentro deste contexto, o objetivo deste trabalho é o desenvolvimento e estudo da estabilidade de NLS acrescidas de RES para administração cutânea, preparadas utilizando diferentes metodologias, entre elas Ultra Turrax a 11.000 a 24.000 rpm ou agitador magnético. Depois de homogeneizadas para a redução do tamanho das partículas, a pré-emulsão formada será sonicada e serão avaliadas diferentes condições de armazenamento, e sua influência na eficiência de encapsulação do RES e na estabilidade de formulações previamente desenvolvidas compostas por ácido esteárico (5%), fosfatidilcolina de soja (1,2%), poloxamer 407 (0,1%), polissorbato 80 (3,5%), glicerina (0,15%), phenonip (0,75%), etanol P.A. (1,25%), água milli-Q (quantidade suficiente para atingir a quantidade total de formulação) acrescidas ou não de brometo de cetiltrimetilamônio (0,45%). As formulações serão analisadas nos tempos 24 horas, 7, 15, 30, 60 e 90 dias após o preparo. Estas serão mantidas armazenadas em geladeira (4 ± 2 °C) durante todo o período de análise, e serão analisadas características organolépticas, determinação do pH e condutividade, determinação do diâmetro hidrodinâmico médio e potencial zeta. Espera-se, assim, ver a influência da técnica de preparação das NLS na estabilidade, eficiência de encapsulação e no perfil de liberação do RES. (AU)