Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento do back-end da aplicação usando tecnologias Web, .Net, Java ou Python

Processo: 17/10944-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Caio Margarido Moreira
Beneficiário:Felipe dos Reis Ruivo
Empresa:Sensorial Desenvolvimento de Software Ltda. - ME
Vinculado ao auxílio:16/08321-9 - Método computacional para desenvolvimento percepção, da atenção e da ação de atletas, AP.PIPE
Assunto(s):Esportes   Atletas   Eficiência   Desempenho atlético   Neurociências

Resumo

Na maioria dos esportes, os atletas devem tomar decisões em frações de segundos. A rapidez dessas decisões é determinante para o sucesso em uma competição, e é baseada nas velocidades da percepção do ambiente e/ou do oponente, e da ação. Atualmente, atletas treinam habilidades cerebrais com muita prática física, repetições de movimentos e situações de jogo ou combate. Neste contexto, clubes, seleções, academias, centros de formação e treinadores apresentam problemas em: aumentar a performance esportiva sem aumentar o desgaste físico; identificar que problemas de performance podem estar relacionados a habilidades cerebrais e obter números representativos e confiáveis para guiar o treinamento do atleta. O presente projeto desenvolverá e testará métodos computacionais interativos para o treinamento cognitivo de atletas com o objetivo de aprimorar a performance de atletas em formação até o alto rendimento sem aumentar seu desgaste físico. Nós utilizaremos os mais criteriosos métodos neurocientíficos para treinar o tempo de reação, a tomada de decisão, o controle motor, a atenção, a memória espacial e a visão periférica de atletas em um ambiente gameficado, unindo a experiência do usuário com o rigor científico. A equipe, formada por profissionais das neurociências, psicologia do esporte, desempenho no esporte, medicina, e desenvolvimento computacional e inteligência artificial, será responsável pela elaboração do produto e pela transposição da neurociência do laboratório para o treinamento das seleções de base da Confederação Brasileira de Voleibol, reconhecida mundialmente pela implementação de inovações tecnológicas para a melhora da performance de seus atletas. O projeto pretende, além de fornecer dados relevantes à literatura científica da cognição no esporte, lançar no mercado um produto único, que proporcionará resultados precisos que poderão, em última instância, guiar todo o treinamento dos atletas. (AU)