Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de metodologia in house para determinação de receptor solúvel de plasminogênio ativador de uroquinase (suPAR)

Processo: 17/02670-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Gianna Mastroianni Kirsztajn
Beneficiário:Larissa Fátima dos Santos
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Lúpus eritematoso sistêmico   Nefrologia   Biomarcadores   Ativador de plasminogênio tipo uroquinase   Técnicas e procedimentos diagnósticos

Resumo

As glomerulopatias encontram-se entre as principais causas de doença renal crônica terminal e apesar de estarem disponíveis inúmeros tratamentos, observa-se a necessidade crescente de diagnóstico precoce. Por isso a importância do estudo de biomarcadores sensíveis e de fácil manuseio na rotina clínica que permitam detectar a atividade dessas doenças, inclusive os episódios de reativação. O receptor solúvel do plasminogênio ativador de uroquinase (suPAR), é um biomarcador que vem sendo descrito na literatura como promissor na determinação da atividade de doenças que cursam com períodos de remissão e atividade, como o Lúpus eritematoso sistêmico (LES). O kit disponível para dosagens do suPAR é de custo muito elevado, o que inviabiliza a utilização para diagnóstico e acompanhamento dos pacientes na prática clínica. Sendo assim, o desenvolvimento e validação do método in house da dosagem do suPAR permitiria um estudo mais detalhado da real utilidade deste marcador. Objetivos: Este projeto propõe o desenvolvimento do método in house para determinação do suPAR. Além de definir os critérios de validação, aplicaremos em um grupo de pacientes com LES e determinaremos os valores de referência. Material e Métodos: Amostras séricas e urinárias serão coletadas de pacientes do sexo feminino com LES em diferentes graus de atividade clínica da doença. Será utilizado o kit DuoSet ELISA Development System human uPAR que contém os reagentes básicos necessários para o desenvolvimento de um ensaio imunoenzimométrico. (AU)