Busca avançada
Ano de início
Entree

História evolutiva e biogeográfica de Astraea Klotzsch (Crotoneae, Euphorbiaceae) e relações filogenéticas dentro de Crotoneae

Processo: 17/06171-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Pesquisador responsável:Inês Cordeiro
Beneficiário:Otávio Luis Marques da Silva
Supervisor no Exterior: Ricarda Riina
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Real Jardín Botánico, Espanha  
Vinculado à bolsa:13/26501-6 - Revisão taxonômica, filogenia e biogeografia de Astraea Klotzsch (Euphorbiaceae), BP.DR
Assunto(s):Filogenia   Sistemática   Euphorbiaceae   Croton   Região neotropical

Resumo

Euphorbiaceae é uma das maiores famílias de Angiospermas, com cerca de 6300 espécies em mais de 250 gêneros, uma extraordinária diversidade morfológica e ampla distribuição geográfica. Crotoneae, uma das maiores tribos dentro da família, passou por mudanças significativas em sua delimitação após as hipóteses filogenéticas recentes, e agora compreende, além do gigante Croton, outros cinco pequenos gêneros: Acidocroton (incl. Ophellantha), Astraea, Brasiliocroton, Sagotia e Sandwithia. Caracteres morfológicos, ambos vegetativos e reprodutivos, são bastante diversificados na tribo, especialmente em Croton, que inclui 1200 espécies representando a maior diversidade morfológica dentro de Crotoneae. A maioria das linhagens de Crotoneae são encontradas no Novo Mundo, com exceção das espécies de Croton do Velho Mundo, as quais estão todas dentro de C. subg. Croton. Grandes avanços na taxonomia e sistemática de Croton tem sido publicado, e estudos adicionais com Astraea e Brasiliocroton também estão em desenvolvimento. Considerando os demais gêneros, Sagotia e Sandwithia foram recentemente revisados, mas fora do contexto de Crotoneae e uma importante lacuna no conhecimento sobre Acidocroton é evidente. Este projeto tem como objetivo reunir dados e construir uma base mais forte sobre os gêneros de Crotoneae e entender melhor as relações filogenéticas, distribuição geográfica e diversidade morfológica de Astraea dentro de Crotoneae. Adicionalmente, o projeto inclui visitas a importantes herbários para analisar coleções tipo de nomes ligados a Astraea. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARQUES DA SILVA, OTAVIO LUIS; DIAS, PEDRO; RIINA, RICARDA; CORDEIRO, INES. Redelimitation of Astraea lobata (Euphorbiaceae) and other taxonomic rearrangements in Astraea. PHYTOTAXA, v. 404, n. 4, p. 127-136, MAY 21 2019. Citações Web of Science: 0.
SECCO, RICARDO DE S.; MARQUES DA SILVA, OTAVIO LUIS; CORDEIRO, INES. A new combination in Sagotia (Euphorbiaceae) with an updated key for the genus. PHYTOTAXA, v. 394, n. 3, p. 225-229, MAR 1 2019. Citações Web of Science: 0.
OTÁVIO LUIS MARQUES DA SILVA; MARIA BEATRIZ ROSSI CARUZO; INÊS CORDEIRO. An updated synopsis of Astraea Klotzsch (Crotoneae, Euphorbiaceae) for the State of São Paulo, Brazil. Hoehnea, v. 46, n. 3, p. -, 2019.
KULKAMP, JOSIMAR; MARQUES DA SILVA, OTAVIO LUIS; VALDUGA, EDUARDO; VIEIRA IGANCI, JOAO RICARDO; CORDEIRO, INES; BAUMGRATZ, JOSE FERNANDO A. First record of Euphorbia pedersenii Subils (Euphorbiaceae) for Brazil. PHYTOTAXA, v. 379, n. 4, p. 287-292, DEC 4 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.