Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel das políticas públicas na promoção de sistemas agroalimentares localizados e sustentáveis: limites e potenciais

Processo: 17/04577-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Extensão Rural
Pesquisador responsável:Ricardo Serra Borsatto
Beneficiário:Ricardo Serra Borsatto
Anfitrião: Miguel Angel Altieri
Instituição-sede: Centro de Ciências da Natureza (CCN). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Campus de Lagoa do Sino. Buri , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of California, Berkeley (UC Berkeley), Estados Unidos  
Assunto(s):Agricultura familiar   Agricultura sustentável   Políticas públicas   Desenvolvimento rural   Segurança alimentar

Resumo

A partir da percepção dos limites que o sistema agroalimentar dominante em nível mundial, baseado em grandes e longas cadeias agroindustriais, mediadas por poucas e grandes corporações internacionais e fomentado por políticas públicas de viés neoliberal, apresenta em mitigar os problemas de pobreza e da fome em países em desenvolvimento, bem como pelos seus impactos ambientais e sociais, novas concepções, experiências e políticas públicas têm surgido propondo a construção de sistemas agroalimentares mais localizados e sustentáveis. A partir dessa perspectiva, valendo-se das experiências norte americana e brasileira, o presente projeto de pesquisa de pós-doutoramento buscará analisar os limites e potencialidades que essas políticas públicas têm em promover sistemas agroalimentares localizados, considerando categorias como autonomia, localidade, tradição e sustentabilidade. Para tanto, além da realização de uma aprofundada revisão bibliográfica sobre a literatura internacional que versa sobre os temas deste projeto, serão identificadas e sistematizadas políticas públicas que promovam sistemas agroalimentares localizados, tanto no Brasil como nos EUA. Após esse processo inicial serão selecionadas e delimitadas algumas redes estabelecidas em função das políticas públicas estudadas, com o intuito de compreender, em nível local, os sistemas agroalimentares que estão se constituindo por incentivo das políticas. Serão aplicados questionários e realizadas entrevistas com os diferentes atores envolvidos em cada rede (agricultores, gestores das organizações de agricultores, gestores públicos, representantes das instituições consumidoras, entre outros possíveis agentes a serem identificados). Espera-se ao fim da pesquisa compreender o papel que estas políticas possuem em promover sistemas agroalimentares localizados, identificando seus limites e potenciais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BORSATTO, RICARDO SERRA; SOUZA-ESQUERDO, VANILDE F. MST's experience in leveraging agroecology in rural settlements: lessons, achievements, and challenges. AGROECOLOGY AND SUSTAINABLE FOOD SYSTEMS, v. 43, n. 7-8, SI MAY 2019. Citações Web of Science: 1.
BEZERRA, LEILA PIRES; FRANCO, FERNANDO SILVEIRA; SOUZA-ESQUERDO, VANILDE F.; BORSATTO, RICARDO. Participatory construction in agroforestry systems in family farming: ways for the agroecological transition in Brazil. AGROECOLOGY AND SUSTAINABLE FOOD SYSTEMS, v. 43, n. 2, p. 180-200, FEB 7 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.