Busca avançada
Ano de início
Entree

Verificação de alto potencial em crianças e adolescentes em situação de acolhimento

Processo: 17/05320-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Rosemeire de Araújo Rangni
Beneficiário:Amanda Rodrigues de Souza Colozio
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/24134-7 - Programas de atendimento a altas capacidades desenvolvidas na Espanha (PIPAC) e Brasil (CEDET), BE.EP.DR
Assunto(s):Educação especial   Acolhimento

Resumo

A partir do Estatuto da criança e do adolescente (ECA), a forma e o local de atendimento a crianças e adolescentes em situação de acolhimento foram, e continuam sendo, remodelados. O ECA atribuiu, também, que toda criança e adolescente têm o direito a uma educação que promova seu pleno desenvolvimento, deste modo, alunos com dotação e talento têm os seus direitos garantidos legalmente. Assim, esta pesquisa objetiva identificar indicadores de dotação e talento em crianças e adolescentes de uma Instituição de Acolhimento do interior do estado de São Paulo e atender os indicados em forma de enriquecimento curricular. Como objetivos específicos: conhecer quais são as concepções dos professores, profissionais e coordenador (es) da Instituição de Acolhimento pesquisada frente à dotação e talento dos alunos indicados e conhecer as concepções sobre a dotação e talento dos professores das escolas em que os alunos acolhidos estão matriculados. Deste modo, esta pesquisa se apresenta como de natureza exploratória e de caráter descritivo. Os locais da pesquisa serão a Instituição de acolhimento e a(s) escola(s) onde os alunos acolhidos estão matriculados. Os participantes serão os acolhidos, profissionais, professores, coordenador(es) da instituição e os professores das escolas em que os acolhidos estão matriculados. A coleta se dará por aplicação do Instrumento de Identificação e de Questionário. O instrumento de identificação que será utilizado é o Guia de Observação Direta em Sala de Aula e o questionário será elaborado e conterá questões abertas e fechadas. Para análise dos dados coletados sobre os indicadores de dotação serão analisados conforme prevê o protocolo de análise do instrumento e os dados do questionário serão analisados segundo perspectiva qualitativa com a criação de categorias. Por fim, atividades de enriquecimento serão propostas aos alunos identificados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa::
Um horizonte de direitos