Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação de ácido jasmônico nas respostas do tomateiro ao sombreamento por plantas daninhas

Processo: 16/21042-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Pedro Luis da Costa Aguiar Alves
Beneficiário:Izabela Orzari
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Competição   Plantas daninhas   Luz   Metabolismo secundário   Matologia   Tomateiro

Resumo

As plantas emitem sinais a fim de acionar respostas de defesa ao estresse sofrido pela baixa radiação solar (sombreamento), que pode ser causado pela presença de outras plantas. Como o hormônio ácido jasmônico (AJ) participa da defesa das plantas e é regulado pelos fitocromos, receptores de radiação, é provável que ele colabore para superar o sombreamento. O objetivo geral deste trabalho é avaliar a participação do AJ nas respostas do tomateiro (Solanum lycopersicum L.) ao sombreamento. Na primeira etapa, o híbrido Heinz 9553 será cultivado sob sombreamento artificial e ambiente sem cobertura, e será aplicado metil-jasmonato (MeJA - 0; 0,15; 0,25 e 0,50 mM) e ibuprofeno (IBU - 0; 1,25; 2,5 e 5,0 mM) aos 7, 14, 21 e 28 dias após o transplante das plantas. Serão realizadas análises de crescimento (massa seca e comprimento de raiz e parte aérea, diâmetro e área foliar), bioquímicas (teor de clorofilas, carotenoides e antocianinas) e de trocas gasosas. Com as plantas controle serão analisados o AJ e a proteína jasmonato zim-domain (JAZ). A segunda etapa consistirá em realizar os mesmos procedimentos com os produtos MeJA e IBU na cultivar Micro-Tom e seu mutante insensível ao AJ (jai1). A terceira etapa consistirá em manter o tomateiro H9553 sob sombreamento promovido pela planta daninha Amaranthus viridis L. (caruru-de-mancha). Será estudada a competição sob diferentes densidades de A. viridis, sendo aplicado o MeJA no tomateiro na melhor concentração e época de aplicação observados nos demais experimentos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ORZARI, Izabela. Participação de ácido jasmônico nas respostas do tomateiro ao sombreamento por plantas daninhas. 2018. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.