Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento dè novas estratégias Pará manipulação genética Èm Leptospira spp.: RNA antisenso e CRISPR/Cas9

Processo: 17/06731-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Ana Lucia Tabet Oller Do Nascimento
Beneficiário:Luis Guilherme Virgílio Fernandes
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50981-0 - Busca de proteínas de superfície nas sequências do genoma da Leptospira interrogans: caracterização funcional e imunológica para o entendimento de mecanismos envolvidos na patogênese de bactéria, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):19/20302-8 - Silenciamento de RNA não-codificador (ncRNA) mediado por interferência CRISPR (CRISPRi)em cepas saprofíticas e patogênicas de Leptospira, BE.EP.PD
Assunto(s):Leptospirose   Repetições palindrômicas curtas agrupadas e regularmente espaçadas   Proteína 9 associada à CRISPR   Inativação gênica   Leptospira

Resumo

A leptospirose é uma zoonose de importância global recentemente incluída na lista das Doenças Tropicais Negligenciadas. Em áreas urbanas, os roedores desempenham o papel de principais reservatórios da doença por permitirem a colonização das leptospiras nos túbulos renais proximais e as excretarem vivas na urina. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o número de casos clínicos anuais no mundo permanece subestimado. O melhor entendimento da patogênese da bactéria é um ponto crucial para o desenvolvimento de uma vacina eficaz. A geração de mutantes de Leptospira é uma peça chave na elucidação de fatores de virulência e da biologia básica da bactéria. Embora tenha havido um grande avanço no desenvolvimento de ferramentas genéticas para manipulação de Leptospira spp. - especialmente com o desenvolvimento de vetores replicativos-, a mutagênese direcional e silenciamento gênico atualmente dependem exclusivamente de recombinação homóloga com uma marca de resistência. Porém, a frequência de mutantes knock out recuperados é extremamente baixa, sugerindo uma ineficiente capacidade de duplos eventos de recombinação, especialmente para as cepas patogênicas. Em adição, a metodologia de recombinação homóloga inviabiliza o estudo de genes essenciais. O emprego da tecnologia de RNA antisenso pode favorecer o silenciamento gênico, especialmente por reduzir a tradução de proteínas por obstrução dos sítios de ligação ao ribossomo no RNA mensageiro, sendo que o uso de promotores induzíveis pode viabilizar o estudo de genes essenciais. A utilização do sistema CRISPR/Cas9 pode favorecer os eventos de inativação gênica, utilizando o RNA guia para clivagem dos genes alvo. A validação e implementação dessas metodologias trarão grande contribuição no campo de estudo da patogênese da leptospirose.

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TEIXEIRA, ALINE F.; FERNANDES, V, LUIS G.; CAVENAGUE, MARIA F.; TAKAHASHI, MARIA B.; SANTOS, JADEMILSON C.; PASSALIA, FELIPE J.; DAROZ, BRENDA B.; KOCHI, LEANDRO T.; VIEIRA, MONICA L.; NASCIMENTO, ANA L. T. O. Adjuvanted leptospiral vaccines: Challenges and future development of new leptospirosis vaccines. Vaccine, v. 37, n. 30, p. 3961-3973, JUL 9 2019. Citações Web of Science: 1.
FERNANDES, L. G. V.; GUAMAN, L. P.; VASCONCELLOS, S. A.; HEINEMANN, MARCOS B.; PICARDEAU, M.; NASCIMENTO, A. L. T. O. Gene silencing based on RNA-guided catalytically inactive Cas9 (dCas9): a new tool for genetic engineering in Leptospira. SCIENTIFIC REPORTS, v. 9, FEB 12 2019. Citações Web of Science: 0.
KOCHI, LEANDRO T.; FERNANDES, V, LUIS G.; SOUZA, GISELE O.; VASCONCELLOS, SILVIO A.; HEINEMANN, MARCOS B.; ROMERO, ELIETE C.; KIRCHGATTER, KARIN; NASCIMENTO, ANA L. T. O. The interaction of two novel putative proteins of Leptospira interrogans with E-cadherin, plasminogen and complement components with potential role in bacterial infection. VIRULENCE, v. 10, n. 1, p. 734-753, JAN 1 2019. Citações Web of Science: 0.
NASCIMENTO FILHO, EDSON G.; VIEIRA, MONICA L.; TEIXEIR, ALINE F.; SANTOS, JADEMILSON C.; FERNANDES, LUIS G. V.; PASSALIA, FELIPE J.; DAROZ, BRENDA B.; ROSSINI, AMANDA; KOCHI, LEANDRO T.; CAVENAGUE, MARIA F.; PIMENTA, DANIEL C.; NASCIMENTO, ANA L. T. O. Proteomics as a tool to understand Leptospira physiology and virulence: Recent advances, challenges and clinical implications. JOURNAL OF PROTEOMICS, v. 180, n. SI, p. 80-87, MAY 30 2018. Citações Web of Science: 1.
TEIXEIRA, ALINE F.; FERNANDES, LUIS G. V.; SOUZA FILHO, ANTONIO; SOUZA, GISELE O.; VASCONCELLOS, SILVIO A.; HEINEMANN, MARCOS B.; NASCIMENTO, ANA L. T. O. Evaluation of Lsa46 and Lsa77 Leptospiral Proteins for Their Immunoprotective Activities in Hamster Model of Leptospirosis. BIOMED RESEARCH INTERNATIONAL, 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.