Busca avançada
Ano de início
Entree

Estresse no início da vida e neurodesenvolvimento: contribuição da plasticidade dos glicocorticóides para maturação

Processo: 17/11339-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 18 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Norberto Garcia Cairasco
Beneficiário:Lívea Dornela Godoy
Supervisor no Exterior: Kevin Bath
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Brown University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/17959-1 - Caracterização dos comportamentos do tipo depressivo e aspectos morfológicos associados ao early life stress e kindling audiogênico em ratos WAR, BP.DR
Assunto(s):Glucocorticoides

Resumo

A adolescência é um período de desenvolvimento associado à organização contínua dos circuitos neurais que regulam os comportamentos emocionais. Trabalhos recentes mostram que durante a adolescência ocorre uma supressão da recuperação de memórias de medo contextual. Em lugar de uma falha de aprendizagem de associação, ratos adolescentes são temporariamente incapazes de evocar uma resposta de medo contextual. A capacidade de usar o contexto para orientar as reações aos estímulos ambientais promove flexibilidade comportamental, e a capacidade de regular as respostas ao medo é fundamental para a resiliência emocional e saúde. Os déficits na capacidade de regulação do medo prevêem fortemente a vulnerabilidade a um conjunto de psicopatologias afetiva, como os transtornos de ansiedade. Adversidades no início da vida estão associadas à vulnerabilidade a psicopatologias posteriores na vida. Curiosamente, o stress no início da vida pode perturbar o Período Hiporesponsivo ao Stress, transformando o eixo Hipotálamo-Pituitária-Adrenal responsivo a estressores. O estresse precoce e os consequentes níveis elevados de corticosteróides coincidem com um momento crucial no desenvolvimento límbico. Há evidências crescentes de que o funcionamento do cérebro durante o desenvolvimento é afetado pelo estresse precoce e pode levar a uma emergência mais precoce da supressão do comportamento de medo. Este resultado comportamental é seguido por uma desenvolvimento precoce de células positivas à Parvalbúmina, que também foi associada a uma redução específica na expressão dos receptores glucocorticóides (GR) e mineralocorticóides (MR). Assim, no cérebro em desenvolvimento, a corticosterona pode estar desempenhando um papel funcional tanto na regulação do momento do nascimento de subtipos celulares, como também estimulando o início do processo de maturação do circuito de hipocampo, amígdala e córtex pré-límbico. Nossa hipótese é que um aumento dos níveis plasmáticos de glicocorticóides estimula o processo de maturação, e que o estresse precoce acelera o início da liberação e da sinalização de glicocorticóides coordenando a maturação precoce do cérebro e do comportamento. Dessa forma, serão medidos fatores neurotróficos, maturação celular e desenvolvimento de respostas do medo condicionado em ratos adolescentes. Vamos testar essas hipóteses usando um inibidor da síntese de glicocorticóides (metirapona), que irá prevenir a elevação de corticosterona, tanto nos animais controle e como nos animais submetidos ao estresse precoce, evitando a a falha na evocação do medo condicionado e a antecipação da maturação neural e comportamental, respectivamente. Para avaliar essas medidas de desenvolvimento neurológico, usaremos abordagens complementares, incluindo avaliação de neurogênese, maturação de neurônios parvalbuminérgicos e expressão de BDNF no BLA e no hipocampo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GODOY, LIVEA DORNELA; ROSSIGNOLI, MATHEUS TEIXEIRA; DELFINO-PEREIRA, POLIANNA; GARCIA-CAIRASCO, NORBERTO; DE LIMA UMEOKA, EDUARDO HENRIQUE. A Comprehensive Overview on Stress Neurobiology: Basic Concepts and Clinical Implications. FRONTIERS IN BEHAVIORAL NEUROSCIENCE, v. 12, JUL 3 2018. Citações Web of Science: 10.
GODOY, LIVEA DORNELA; UMEOKA, EDUARDO H. L.; RIBEIRO, DEIDIANE ELISA; SANTOS, VICTOR RODRIGUES; ANTUNES-RODRIGUES, JOSE; LOURENCO JOCA, SAMIA REGIANE; GARCIA-CAIRASCO, NORBERTO. Multimodal early-life stress induces biological changes associated to psychopathologies. Hormones and Behavior, v. 100, p. 69-80, APR 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.