Busca avançada
Ano de início
Entree

Arenas de conservação Caatinga: processos decisórios e conflitos no semiárido brasileiro

Processo: 17/11924-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 09 de outubro de 2017
Vigência (Término): 09 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Lúcia da Costa Ferreira
Beneficiário:Amanda Sousa Silvino
Supervisor no Exterior: Eduardo Sonnewend Brondizio
Instituição-sede: Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais (NEPAM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Indiana University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/06890-6 - Arenas de conservação Caatinga: processos decisórios e conflitos no semiárido brasileiro, BP.DR
Assunto(s):Conflitos ambientais   Conservação dos recursos naturais   Desertificação   Sociologia ambiental   Mudança climática   Política ambiental

Resumo

Diferentes atores têm agido e disputado seus interesses para o alcance dos seus objetivos no contexto da região semiárida do Brasil, interferindo na conservação da caatinga na busca de influenciar processos decisórios. Configuram-se, assim, arenas em torno da Caatinga onde os interesses e disputas entre os diferentes atores, em múltiplos níveis de organização social (local, regional, nacional, internacional) tem promovido uma ressignificação da importância da sua conservação, modificando a forma de se pensar e agir sobre ela. Este trabalho se propõe a caracterizar e analisar o processo de emergência e expansão de arenas em torno da conservação da Caatinga no semiárido brasileiro. Estando no início do terceiro ano da pesquisa, já foram realizadas pesquisas de campo, uma publicação, e a qualificação da tese está prevista para maio de 2017. Sendo cumprido o calendário previsto, pretende-se realizar um intercâmbio de seis meses no exterior, especificamente no Center for the Analysis of Social-Ecological Landscapes (CASEL), Universidade de Indiana, para um aprofundamento do referencial teórico-metodológico já utilizado na pesquisa e amplamente utilizado no CASEL, além de se apropriar a aprofundar nas suas metodologias integrativas metodologias integrativas geoespaciais, analise institucional e avaliações ecológicas. Esta é uma proposta interdisciplinar entre ciências sociais e a ecologia, para a compreensão das dinâmicas sociais que interferem na conservação da Caatinga. Tem iluminado a problemática ambiental em uma região do Brasil ainda pouco estudada e contribuído com seu enfoque interdisciplinar, propondo uma abordagem teórico-metodológica ainda não aplicada nos estudos sobre a região.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.