Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores que interferem na adesão a profilaxia pós-exposição ao HIV (PEP)

Processo: 16/20344-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Doenças Contagiosas
Pesquisador responsável:Lúcia Yasuko Izumi Nichiata
Beneficiário:Marcos Morais Santos Silva
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):AIDS   HIV   Grupos de risco   Profilaxia pós-exposição   Resultado do tratamento   Inquéritos e questionários

Resumo

Ainda é alta a incidência do vírus HIV em grupos vulneráveis, como usuários de drogas, profissionais do sexo, jovens entre 17 e 20 anos e homens que fazem sexo com homens (HSH). Uma das novas medidas adotadas mundialmente para o combate a infecção é a Profilaxia Pós Exposição (PEP), que consiste no tratamento com antirretrovirais iniciados em até 72h após a exposição e tomados por 28 dias. A eficiência do tratamento depende da adesão e medidas nesse sentido podem diminuir a transmissão do vírus. Objetivo: Identificar a percepção dos usuários de serviços de saúde que buscam a PEP sexual sobre sua vulnerabilidade ao HIV; identificar os fatores da adesão e não adesão à PEP dos usuários; comparar os fatores da adesão e não adesão à PEP com fatores identificados em outros estudos. Método: Trata-se de um estudo transversal exploratório e descritivo, que será realizado em uma unidade do Serviço Especializado em DST/aids - SAE DST/AIDS CECI no município de São Paulo. A população será constituída por usuários do serviço de saúde homens e mulheres, maiores de 18 anos que procuram atendimento por motivo de exposição sexual sem proteção, e que são indicados para quimioprofilaxia, conforme Ministério da Saúde. Serão utilizados os seguintes instrumentos: o questionário critério Brasil (Associação Brasileira de empresas de pesquisa, 2015) que trata da estratificação dos participantes da pesquisa segundo estratificação Socioeconômica e Consumo no Brasil, um segundo questionário autoaplicado, sendo que a segunda parte a ser elaborado com base no "Cuestionario para la Evaluación de la Adhesión al Tratamiento Antiretroviral" - CEAT-VIH, adaptação brasileira com adaptações a PEP sexual. O questionário será elaborado segundo escala de nível tipo Likert. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.