Busca avançada
Ano de início
Entree

Levantamento e caracterização das organizações de agricultores familiares nos EDRs de Jaboticabal, Ribeirão Preto e Barretos

Processo: 17/03188-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Extensão Rural
Pesquisador responsável:Regina Aparecida Leite de Camargo
Beneficiário:Marcelo Odorizzi de Campos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Cooperativismo   Políticas públicas   Sociologia rural   Agricultura familiar   Organização social rural   Produtores rurais

Resumo

Com o surgimento, a partir da década de 1990, de programas de políticas públicas direcionados para a agricultura familiar, como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), as organizações de produtores familiares, como associações e cooperativas, assumiram o importante papel de proponentes e destinatários de projetos que envolvem quantias variáveis de recursos e demandam novas responsabilidades de gerenciamento e administração. Algumas dessas organizações se formam com o objetivo principal de participar desses programas, mas nem sempre a entrada de recursos públicos atua como elemento aglutinador do grupo de produtores. Os desafios vão do gerenciamento de projetos, à dificuldade de manter um fluxo de caixa e lidar com o dia a dia da gestão de pessoas, informações e finanças. Esse projeto de pesquisa tem como objetivo principal realizar o levantamento e caracterização das organizações de produtores familiares nos municípios compreendidos pelos Escritórios de Desenvolvimento Regional (EDRs) de Jaboticabal, Barretos e Ribeirão Preto, segundo classificação da Coordenadoria de Assistência Integral (CATI). O levantamento buscará identificar quem são essas organizações, em que áreas atuam, de que programas de política pública e instâncias representativas participam e que dificuldades enfrentam. Palavras-chave: cooperativismo, organizações de produtores familiares, programas de políticas públicas. (AU)