Busca avançada
Ano de início
Entree

Retórica musical: Relatos Selvagens e as paixões despertadas pela trilha sonora

Processo: 16/25042-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística
Pesquisador responsável:Maria Flávia de Figueiredo Pereira
Beneficiário:Valmir Ferreira dos Santos Junior
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Retórica   Trilha sonora de filmes   Teoria musical   Música

Resumo

Com base em fundamentos teóricos da Retórica, segundo os quais o discurso compreende três pilares fundamentais para sua construção (ethos, pathos e logos), e debruçados em um acervo teórico musical, analisaremos a trilha sonora do filme Relatos Selvagens. Essa análise tem por objetivo observar as paixões evocadas no auditório pelo objeto de estudo em questão e, dessa forma, conduzir ao entendimento das possibilidades de inter-relação entre pathos e trilha sonora. Verificaremos, então, por meio da análise retórica (com base em Aristóteles, Meyer, Reboul, Ferreira e Abreu) aliada a conhecimentos advindos da teoria musical (Arakawa, Bennett e Copland), a forma com que a trilha sonora do filme, juntamente com os demais aspectos multimodais do gênero, desperta paixões no auditório, conduzindo-o a processos identitários e, por seguinte, persuasivos. Dessa forma, esperamos que esta pesquisa contribua para elucidar o papel da música nas construções persuasivas e possa também demonstrar a influência dessa instância do logos em gêneros midiáticos, como: peças teatrais, telenovelas, filmes, entre outros. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)