Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de metodologia para detecção de slope streaks na superfície de Marte

Processo: 17/16107-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Pesquisador responsável:Erivaldo Antonio da Silva
Beneficiário:Breno Strogueia Maia da Cruz
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/03595-6 - Desenvolvimento de metodologia para detecção de slope streaks na superfície de Marte, AP.R
Assunto(s):Automação   Processamento digital de imagens   Marte   MATLAB   Mapeamento geográfico

Resumo

Slope streaks são faixas escuras em formato de leque que se estendem por declives íngremes na superfície marciana (Sullivan et al., 2001). Essas feições possuem baixo albedo e costumam ser vistas ao longo da região equatorial do planeta Marte (Shorghofer et al., 2002). Além disso, aparecem exclusivamente em regiões com baixa inércia termal e onde os picos de temperatura excedem 275 K (Head et al., 2007). O estudo deste fenômeno é bastante importante para a compreensão do planeta Marte, pois pode proporcionar pistas para o entendimento de propriedades básicas da superfície, como, por exemplo, ciclo de poeira e de água e mudanças climáticas mais recentes em escala de tempo de centenas de anos (Kreslavsky e Head, 2009). Embora exista um número considerável de pesquisadores que estudam este fenômeno, atualmente, a identificação destes é realizada por especialistas de forma manual. As abordagens de identificação automatizada de fenômenos de superfície marciana, encontradas na literatura, não contemplam os slope streaks (Bandeira et al., 2007; Ding et al., 2010; Sawabe et al., 2006; Molloy e Stepinski, 2007; Statella et al., 2012). Além disso, de acordo com Wagstaff et al., (2012) a NASA possui um banco de dados considerável de imagens do planeta Marte. A quantidade dessas imagens na fila para análise é tão grande, e continua crescendo, que existe a necessidade urgente para desenvolvimento de métodos automatizados de detecção de fenômenos de superfície marciana. Assim, especialistas poderão, posteriormente, analisar os dados e realizar inferências. E é neste âmbito que este projeto de pesquisa se enquadra. A proposta consiste em contribuir para a automação do processo de extração de informações sobre slope streaks em imagens da superfície de Marte. Para tanto, intenciona-se desenvolver uma metodologia capaz de identificar dark slope streaks em imagens MOC e HiRISE, por meio de técnicas de processamento de imagens com ênfase em Morfologia Matemática. Além disso, pretende-se realizar detecção de bordas das feições detectadas, inferir a largura média dos slope streaks e determinar suas direções principais. Ao término do trabalho espera-se ter encontrado um método automatizado e eficiente para detecção de slope streaks em imagens da superfície de Marte. Os resultados obtidos auxiliarão, sobremaneira, pesquisadores que trabalham com imagens da superfície marciana, estudando o fenômeno dos slope streaks. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.