Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelo de cavitação em mancal hidrodinâmico para aplicação em máquinas rotativas

Processo: 17/07507-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Mecânica dos Sólidos
Pesquisador responsável:Gregory Bregion Daniel
Beneficiário:Rafael Sofner Domingues
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/20363-6 - Identificação e controle tolerantes a falhas em sistemas rotativos, AP.TEM
Assunto(s):Hidrodinâmica   Lubrificação   Cavitação   Mancais   Máquinas rotativas

Resumo

Dentre as falhas consideradas em máquinas rotativas está a cavitação em mancais hidrodinâmicos, capaz de causar sérios problemas ao rotor, tais como, aumento na vibração, contato metal-metal e até mesmo o desgaste do mancal. Por essa razão, torna-se imprescindível identificar, o quanto antes, quando a máquina está operando em condição de cavitação, de modo a atuar rapidamente no sistema e mitigar os problemas críticos. Assim, o desenvolvimento de modelos robustos e eficientes para descrever a cavitação em mancais hidrodinâmicos é necessário para auxiliar a identificação desse fenômeno na resposta de um sistema rotativo. Neste contexto, a proposta de iniciação científica visa avaliar diferentes modelos de cavitação aplicados aos mancais hidrodinâmicos cilíndricos planos. Para cumprir esse objetivo, uma comparação entre os modelos de cavitação propostos por Elrod (1981) e Nowald et al. (2016) deve ser realizada, de forma a verificar as principais diferenças nas condições de lubrificação e forças hidrodinâmicas resultantes no mancal. Este projeto se insere no escopo do projeto temático 2015/20363-6 "Identificação e controle tolerantes a falhas em sistemas rotativos" no que concerne a abordagem da cavitação como condição operacional de falha do mancal, uma vez que tais modelos devem ser aplicados na modelagem do sistema rotor-mancal. Os modelos desenvolvidos neste projeto de iniciação científica devem ser utilizados pelos modelos de detecção e identificação de falhas, por sua vez, em desenvolvimento nas dissertações e teses em andamento dentro do escopo do projeto temático 2015/20363-6. (AU)