Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise in vitro do papel dos mastócitos e do sistema renina-angiotensina sobre osteoblastos e osteoclastos de animais espontaneamente hipertensos

Processo: 17/05873-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Sandra Helena Penha de Oliveira
Beneficiário:Sabrina Cruz Tfaile Frasnelli
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/03965-2 - Papel do sistema renina-angiotensina em diferentes modelos inflamatórios orais: uma abordagem interdisciplinar experimental e clínica, AP.TEM
Assunto(s):Periodontite   Osteoblastos   Osteoclastos   Sistema renina-angiotensina

Resumo

A inflamação periodontal está associada a muitas doenças sistêmicas, sendo denominada Medicina periodontal, entre elas, doenças cardiovasculares, diabetes (DM) e osteoporose. A periodontite (DP) é um processo inflamatório e infeccioso do ligamento e do osso alveolar que suportam os dentes onde ocorre a liberação de mediadores inflamatórios. A periodontite envolve a participação local do sistema-renina-angiotensina (RAS), visto que a angiotensina atua na inflamação. Ratos espontaneamente hipertensos (SHR) têm sido utilizados como modelo genético de hipertensão (DC). Estes animais são caracterizados por uma pressão arterial elevada, alterações significativas no metabolismo ósseo e uma elevada ativação do sistema de nervoso simpático. Os mastócitos (MCs) desempenham um papel fundamental visto que atuam no reparo tecidual e na defesa do organismo. Os MCs têm sido observados tanto no periodonto normal quanto inflamado, dessa forma, supõe-se que os MCs possam participar de uma possível resposta inflamatória, podendo resultar em destruição e/ou proteção tecidual e óssea. Muitos estudos têm proposto que as proteases específicas (triptase e quimase) e mediadores inflamatórios liberados pelos MCs estão envolvidos na destruição tecidual presente na DP, porém, os mecanismos envolvidos neste processo ainda são desconhecidos. Os MicroRNAs (miRNAs) desempenham um papel importante na regulação do metabolismo ósseo e da resposta imuno-inflamatória, no entanto, a função de miRNAs na inflamação periodontal e metabolismo ósseo em animais hipertensos, ainda não está completamente esclarecida. A proposta do presente estudo visa investigar o papel dos MCs e RAS sobre o metabolismo ósseo em SHR submetidos a periodontite experimental. A metodologia inclui avaliar o papel dos MCs, miRNAs e RAS envolvidos na atividade osteoblástica e osteoclástica em ensaios de cultura celular. A previsão é de obter novos insights sobre a resposta dos miRNAs e RAS relacionados com mecanismos sistêmicos e locais na doença periodontal e hipertensão, em relação a alterações no metabolismo ósseo. Esses dados contribuirão para o desenvolvimento de novos alvos de terapia de drogas para estas doenças.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PENHA OLIVEIRA, SANDRA HELENA; BALERA BRITO, VICTOR GUSTAVO; TFAILE FRASNELLI, SABRINA CRUZ; RIBEIRO, BIANCA DA SILVA; FERREIRA, MILENA NUNES; QUEIROZ, DAYANE PRISCILLA; BELTAN, CARLUCI TAIS; LARA, VANESSA SOARES; SANTOS, CARLOS FERREIRA. Aliskiren Attenuates the Inflammatory Response and Wound Healing Process in Diabetic Mice With Periodontal Disease. FRONTIERS IN PHARMACOLOGY, v. 10, JUL 4 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.