Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação entre a exposição materna à poluição na cidade de São Paulo e desfechos do parto e crescimento do polo cefálico

Processo: 16/14433-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Lisandra Stein Bernardes Ciampi de Andrade
Beneficiário:Mariana Azevedo Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Gravidez   Obstetrícia   Poluição do ar

Resumo

A poluição do ar é resultado de complexas interações que envolvem emissões de poluentes atmosféricos e que sabidamente causam consequências negativas para a saúde humana. De acordo com alguns estudos, a exposição à poluição, durante a gestação, pode afetar o peso ao nascimento, contudo, não há ainda conhecimento sedimentado sobre as janelas críticas de exposição à poluição durante a gestação. Visando investigar, mais profundamente, o impacto da poluição na gestação e no feto, o objetivo deste projeto é avaliar a influência da exposição à poluição durante a gestação nos desfechos do parto e no crescimento do polo cefálico. Um estudo prospectivo com 386 gestantes, intitulado ProcriAR, está sendo realizado na cidade de São Paulo. Os poluentes dióxido de nitrogênio (NO2) e ozônio (O3) são medidos durante cada trimestre da gestação por meio da utilização de amostradores passivos individuais (APIs). Simultaneamente, será realizada a análise dos poluentes monóxido de carbono (CO), NO2 e material particulado menor que 10 (MP10), medidos pela estação fixa de monitoramento Taboão da Serra da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), que é a mais próxima do região onde residem as gestantes. Desta forma, o presente projeto propõe: avaliar quais são as janelas críticas de exposição à poluição na gestação e os efeitos causados por esta nos desfechos do parto. A partir disso, ter resultados consistentes para poder influenciar o surgimento tanto de políticas públicas quanto privadas mais efetivas do controle da poluição atmosférica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARVALHO, MARIANA AZEVEDO; HETTFLEISCH, KAREN; RODRIGUES, AGATHA S.; BENACHI, ALEXANDRA; VIEIRA, SANDRA ELISABETE; SALDIVA, SILVIA R. D. M.; SALDIVA, PAULO HILARIO N.; FRANCISCO, ROSSANA PULCINELI VIEIRA; BERNARDES, LISANDRA STEIN. Association between exposure to air pollution during intrauterine life and cephalic circumference of the newborn. Environmental Science and Pollution Research, v. 28, n. 8 NOV 2020. Citações Web of Science: 0.
CARVALHO, MARIANA AZEVEDO; HETTFLEISCH, KAREN; RODRIGUES, AGATHA S.; BENACHI, ALEXANDRA; VIEIRA, SANDRA ELISABETE; SALDIVA, SILVIA R. D. M.; SALDIVA, PAULO HILARIO N.; VIEIRA FRANCISCO, ROSSANA PULCINELI; BERNARDES, LISANDRA STEIN. Association between maternal exposure to air pollution before conception and sex determination in the city of Sao Paulo. AIR QUALITY ATMOSPHERE AND HEALTH, v. 13, n. 10 JUL 2020. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CARVALHO, Mariana Azevedo. Associação entre exposição materna à poluição na cidade de São Paulo e desfechos da gestação. 2019. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.