Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial antimalárico da Epirrubicina (4'-epidoxorrubicina)

Processo: 17/02031-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Fabio Trindade Maranhão Costa
Beneficiário:Letícia Tiburcio Ferreira
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Plasmodium falciparum   Reposicionamento de fármacos   Malária

Resumo

Causada por protozoários do gênero Plasmodium, a malária é uma das principais parasitoses da história. Estima-se que mais de 3 billhões de pessoas estejam sob o risco de infecção pela doença. Apesar de avanços no controle da malária, o Brasil ainda responde por mais da metade dos casos nas Américas. A presença de parasitos resistentes aos medicamentos disponíveis é recorrentemente observada para difentes espécies de Plasmodium. Apesar da necessidade de buscar novos compostos com atividade antimalárica, a indústria farmacêutica enfrenta obstáculos no estabelecimento de novos fármacos. Considerando tempo e custos do desenvolvimento e aprovação de novos fármacos, doenças tropicais como a malária são muitas vezes prejudicadas na busca por tratamentos eficazes. Com risco reduzido e economia de tempo, o reposicionamento de fármacos aparece como nova estratégia para a busca por antimaláricos. A epirrubicina é uma antraciclina com atividade antitumoral aprovada pela FDA com vasta aplicação em oncologia clínica. Estudos reportam o compartilhamento de atividades antitumoral e antimalárica por antraciclinas intercalantes de DNA. Com dados preliminares do nosso grupo que reportam o cloridrato de epirrubicina como inibidor do crescimento de P. falciparum, este projeto visa estabelecer o potencial antimalárico da epirrubicina e cooperar com a disponibilidade de novos tratamentos para o controle e possível erradicação da doença. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, LETICIA TIBURCIO; RODRIGUES, JULIANA; CASSIANO, GUSTAVO CAPATTI; TAVELLA, TATYANA ALMEIDA; PERALIS TOMAZ, KAIRA CRISTINA; BAIA-DA-SILVA, DJANE CLARYS; SOUZA, MACEJANE FERREIRA; DO NASCIMENTO LIMA, MARILIA NUNES; MOTTIN, MELINA; ALMEIDA, LUDIMILA DIAS; CALIT, JULIANA; SILVA DE BARROS PUCA, MARIA CAROLINA; MELO, GISELY CARDOSO; BARGIERI, DANIEL YOUSSEF; PINTO LOPES, STEFANIE COSTA; GUIMARAES LACERDA, MARCUS VINICIUS; BILSLAND, ELIZABETH; SUNNERHAGEN, PER; NEVES, BRUNO JUNIOR; ANDRADE, CAROLINA HORTA; LEMOS CRAVO, PEDRO VITOR; MARANHAO COSTA, FABIO TRINDADE. Computational Chemogenomics Drug Repositioning Strategy Enables the Discovery of Epirubicin as a New Repurposed Hit for Plasmodium falciparum and P. vivax. Antimicrobial Agents and Chemotherapy, v. 64, n. 9 SEP 2020. Citações Web of Science: 1.
LIMA, MARILIA N. N.; NEVES, BRUNO J.; CASSIANO, GUSTAVO C.; GOMES, MARCELO N.; TOMAZ, KAIRA C. P.; FERREIRA, LETICIA T.; TAVELLA, TATYANA A.; CALIT, JULIANA; BARGIERI, DANIEL Y.; MURATOV, EUGENE N.; COSTA, FABIO T. M.; ANDRADE, CAROLINA HORTA. Chalcones as a basis for computer-aided drug design: innovative approaches to tackle. Future Medicinal Chemistry, v. 11, n. 20, p. 2635-2646, OCT 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FERREIRA, Letícia Tiburcio. Avaliação "in vitro" e "in vivo" do potencial antimalárico da Epirrubicina. 2019. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.